Saúde da mulher e alimentação saudável lado a lado: veja os benefícios

Menopausa, gravidez e metabolismo lento. Esses fatores podem ser aliviados ou ter melhor qualidade se o que for consumido tiver características saudáveis!

Veja aqui como a saúde da mulher pode ser beneficiada com uma alimentação saudável!
Tentar encaixar uma alimentação saudável no meio da correria diária pode ser uma boa para a sua saúde! FOTO: iStock.com/Getty Images

Como fazer para ter uma alimentação saudável no meio da correria do dia a dia? Quando pensamos nas dificuldade e, que muitas vezes, é necessário fazer mais do que uma simples jornada de trabalho, tal qual os afazeres diários (tarefas da casa ou até mesmo obrigações com os estudos) podem deixar a qualidade da alimentação lá em baixo. Mais do que comer bem, é importante manter a saúde em dia, principalmente as mulheres que sofrem com a TPM ou menopausa. O simples ato de comer bem alivia os sintomas e é ótimo para a saúde da mulher. Entenda os motivos aqui!

Mulheres e homens tem metabolismo diferente

Imagem de mulher enrolando fita métrica na cintura representando a saúde da mulher

 Alimentar-se de forma saudável previne a obesidade e evita problemas como desequilibrio hormonal . FOTO: Shutterstock.com

Segundo a nutricionista Brenda Jacomo da Clínica Leve Saúde, as mulheres – por terem uma maior quantidade de gordura devido a presença de hormônios circulantes – tem o metabolismo mais lento, e menos massa magra no corpo. “A prática de exercícios físicos regulares faz com que a mulher aumente seu perfil de massa muscular, melhorando no quesito redução de peso. Uma boa sugestão é aumentar as fontes de proteínas na dieta, assim como os alimentos que favoreçam a queima calórica, como chá verde e gengibre”, ressalta Brenda.

Menopausa

Imagem de uma mulher representando a saúde da mulher

“Quando a menopausa chega, esse metabolismo fica ainda mais lento e a maior parte das mulheres ganha peso”,  Brenda  Jacomo, nutricionista da Clínica Leve Saúde FOTO: Shutterstock.com

Além de sentir ondas de calores, a queda de hormônios também provoca um certo aumento de peso. Consumir cálcio (leite, espinafre e leguminosas), ferro (carne vermelha, feijões e brócolis) e fibras (frutas e hortaliças em geral) pode ser um fator benéfico para amenizar tudo o que o corpo apresenta nesses momentos e melhorar a saúde da mulher. “O ideal é aumentar o consumo de água, mantendo a pele hidratada, consumir nozes e castanhas para melhorar o cabelo e unhas. A presença do selênio e o aumento da proteína no corpo garantem uma musculatura mais íntegra, proporcionando bem-estar”, enfatiza a profissional.

Na gravidez

Imagem de uma mulher grávida se alimentando representando a saúde da mulher

Consulte seu médico para saber quais alimentos serão melhores para você! FOTO: iStock.com/GettyImages

A especialista recomenda que consumir fontes de ferro e ácido fólico antes de engravidar é uma boa maneira de se preparar e manter a saúde da mulher em dia. As futuras gestantes podem optar por folhas verdes escurar, feijões, carne vermelha e fígado. Segundo ela, consumir vitamina C é fundamental nessas circunstâncias. “O ideal é consumir frutas cítricas (laranja, acerola, kiwi) como fontes dessa vitamina e também”, explica.

 

 

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Brenda Jacomo, nutricionista da Clínica Leve Saúde

 

 

LEIA TAMBÉM: