São Tomé, o santo incrédulo: conheça sua história e oração

São Tomé é conhecido como o santo incrédulo, mas ainda foi um dos mais fiéis discípulos de Jesus. Conheça mais sua história e oração!

o santo incrédulo
Foto: Pixel-Shot/shutterstock

No dia 3 de julho comemora-se a festa litúrgica em homenagem a São Tomé, o santo incrédulo, como era conhecido pelos discípulos. Ele não acreditou inicialmente na ressurreição de Cristo, porém foi o que mais pregou as palavras de Jesus e nessa jornada chegou longe, na Índia. Aproveite o dia e ore ao protetor dos cegos, pedreiros e arquitetos.

 

Conheça a história de São Tomé, o santo incrédulo:

Tomé foi um dos doze discípulos de Jesus, e, como os outros, era um simples pescador, escolhido pelo divino. Um homem que sempre se manifestou amigo fiel do Senhor. Na Bíblia, o santo aparece em momentos muito importantes, e o mais lembrado é sua última aparição, quando, chateado pela morte de seu amigo e mestre, não acreditava na ressurreição de Cristo.

Passados alguns dias, Jesus apareceu e, chegando-se a Tomé, falou: “Põe teu dedo aqui e vê minhas mãos! Estende tua mão e ponha no meu lado e não sejas incrédulo, mas fiel! Porque vistes, crestes, felizes os que não viram e creram”.

O apóstolo então, humildemente falou: “Meu Senhor e meu Deus” (João, 20:25-28).

 

Oração a São Tomé:

Protetor da minha vida, São Tomé amigo fiel, ajudai-me a crer sempre mais na promessa maravilhosa de amor que Deus tem para mim.

Diz o Evangelho que reconhecestes o Senhor ressuscitado ao tocar-lhe as feridas abertas pelos pregos e pela lança.

Concedei a nós a graça de também percebermos a presença real de Jesus em nossa trajetória.

Iluminai-nos com a sabedoria dos céus para identificarmos e preferirmos as obras do bem.

Ensinai-nos a sermos bons discípulos do Senhor e a levar a cruz de todo o dia com o olhar voltado para o Jesus Salvador.

Tirai-nos a incredulidade para que sejamos verdadeiros adoradores.

Sobre vosso auxílio e exemplo prometemos estar aos pés do Altíssimo e sempre o bendizer, falando as mesmas palavras que pronunciastes ao reconhecer o Cristo:

“Meu Senhor e meu Deus”.

Amém.

LEIA TAMBÉM

 

Texto: Camila Ramos