Salmos de gratidão a Deus por tudo que tem recebido de bom na sua vida

Conheça oito textos sagrados de agradecimento para proferir diariamente

salmos para gratidão
Foto: Shutterstock

Qual foi a última vez que você agradeceu pela sua vida e por tudo que conquistou ao longo desses anos? Muita vezes rezamos em clemência, pedindo a intercessão de algum santo para atingir algum objetivo, mas raramente reconhecemos o que nos é dado diariamente. Para isso, recitar salmos de gratidão é uma maneira poderosa e fácil de retribuição.

Mesmo que a rotina não esteja do jeito que gostaríamos, é essencial criarmos o hábito de corresponder aquilo que vem de bom grado. A partir deste princípio, a tendência é que coisas boas virão com maior frequência e caminhos menos tempestuosos se abrirão.

Leia com fé os salmos de gratidão

Salmo 7

Senhor meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me; Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a, sem que haja quem a livre. Senhor meu Deus, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos, Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo (antes, livrei ao que me oprimia sem causa), Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a; calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória. (Selá.) Levanta-te, Senhor, na tua ira; exalta-te por causa do furor dos meus opressores; e desperta por mim para o juízo que ordenaste. Assim te rodeará o ajuntamento de povos; por causa deles, pois, volta-te para as alturas. O Senhor julgará os povos; julga-me, Senhor, conforme a minha justiça, e conforme a integridade que há em mim. Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins. O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração. Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado. E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores. Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras. Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez. A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça. Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor altíssimo.

Salmo 23

O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta. Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas. Restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome. Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem. Preparas um banquete para mim à vista dos meus inimigos. Tu me honras, ungindo a minha cabeça com óleo e fazendo transbordar o meu cálice. Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.

Salmo 41

Bem-aventurado é aquele que atende ao pobre; o Senhor o livrará no dia do mal. O Senhor o livrará, e o conservará em vida; será abençoado na Terra, e tu não o entregarás à vontade de seus inimigos. O Senhor o sustentará no leito da enfermidade; tu o restaurarás da sua cama de doença. Dizia eu: Senhor, tem piedade de mim; sara a minha alma, porque pequei contra ti. Os meus inimigos falam mal de mim, dizendo: ‘Quando morrerá ela, e perecerá o seu nome?’. E, se algum deles vem ver-me, fala coisas vãs; no seu coração amontoa a maldade; saindo para fora, é disso que fala. Todos os que me odeiam murmuram a uma contra mim; contra mim imaginam o mal, dizendo: Uma doença má se lhe tem apegado; e agora que está deitada, não se levantará mais. Até a minha própria amiga íntima, em quem eu tanto confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar. Porém tu, Senhor, tem piedade de mim, e levanta-me, para que eu lhes dê o pago. Por isto conheço eu que tu me favoreces: que o meu inimigo não triunfa de mim. Quanto a mim, tu me sustentas na minha sinceridade, e me puseste diante da tua face para sempre. Bendito seja o Senhor Deus de Israel de século em século. Amém e amém.

Salmo 46

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se projetem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e espumem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o lugar santo das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não será abalada; Deus a ajudará desde o raiar da alva. Bramam nações, reinos se abalam; ele levanta a sua voz, e a terra se derrete. O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Vinde contemplai as obras do Senhor, as desolações que tem feito na terra. Ele faz cessar as guerras até os confins da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo. Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra. O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Salmo 75

A ti, ó Deus, glorificamos, a ti damos louvor, pois o teu nome está perto, as tuas maravilhas o declaram. Quando eu ocupar o lugar determinado, julgarei retamente. A terra e todos os seus moradores estão dissolvidos, mas eu fortaleci as suas colunas (Selá). Disse eu aos loucos: Não enlouqueçais, e aos ímpios: Não levanteis a fronte; Não levanteis a vossa fronte altiva, nem faleis com cerviz dura. Porque nem do oriente, nem do ocidente, nem do deserto vem a exaltação. Mas Deus é o Juiz: a um abate, e a outro exalta. Porque na mão do Senhor há um cálice cujo vinho é tinto; está cheio de mistura; e dá a beber dele; mas as escórias dele todos os ímpios da terra as sorverão e beberão. E eu o declararei para sempre; cantarei louvores ao Deus de Jacó. E quebrarei todas as forças dos ímpios, mas as forças dos justos serão exaltadas.”

Salmo 91

“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do onipotente descansará. Direi do Senhor: ‘Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e Nele confiarei’. Porque Ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa. Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel. Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia, Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia. Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti. Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação. Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra. Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome. Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei. Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.”

Salmo 136

Louvai ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre. Louvai ao Deus dos deuses; porque a sua benignidade dura para sempre. Louvai ao Senhor dos Senhores; porque a sua benignidade dura para sempre. Aquele que só faz maravilhas; porque a sua benignidade dura para sempre. Aquele que por entendimento fez os céus; porque a sua benignidade dura para sempre. Aquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade dura para sempre. Aquele que fez os grandes luminares; porque a sua benignidade dura para sempre; O sol para governar de dia; porque a sua benignidade dura para sempre; A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre; O que feriu o Egito nos seus primogênitos; porque a sua benignidade dura para sempre; E tirou a Israel do meio deles; porque a sua benignidade dura para sempre; Com mão forte, e com braço estendido; porque a sua benignidade dura para sempre; Aquele que dividiu o Mar Vermelho em duas partes; porque a sua benignidade dura para sempre; E fez passar Israel pelo meio dele; porque a sua benignidade dura para sempre; Mas derrubou a Faraó com o seu exército no Mar Vermelho; porque a sua benignidade dura para sempre. Aquele que guiou o seu povo pelo deserto; porque a sua benignidade dura para sempre; Aquele que feriu os grandes reis; porque a sua benignidade dura para sempre; E matou reis famosos; porque a sua benignidade dura para sempre; Siom, rei dos amorreus; porque a sua benignidade dura para sempre; E O gue, rei de Basã; porque a sua benignidade dura para sempre; E deu a terra deles em herança; porque a sua benignidade dura para sempre; E mesmo em herança a Israel, seu servo; porque a sua benignidade dura para sempre; Que se lembrou da nossa baixeza; porque a sua benignidade dura para sempre; E nos remiu dos nossos inimigos; porque a sua benignidade dura para sempre; O que dá mantimento a toda a carne; porque a sua benignidade dura para sempre. Louvai ao deus dos céus; porque a sua benignidade dura para sempre.”

Salmo 150

Louvai ao Senhor. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder. * 2 Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza. * 3 Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa. * 4 Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos. * 5 Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes. * 6 Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor.

Rezar um destes salmos de gratidão diariamente é uma forma de demonstrar a sua fé nas obras de Deus, e o caminho correto para a sua realização.

Leia também: