Salmo 77: Para ter equilíbrio entre corpo e espírito e descobrir a vocação

Veja o poder do Salmo 77 e tenha uma vida abençoada. Confira o comentário especial para entender como esse salmo pode te ajudar.

Salmo 77
Foto: iStock

O Salmo 77 é indicado para combater a falta ou excesso de religiosidade; atrair o equilíbrio entre corpo e espírito; evitar invasão de privacidade, desrespeito à vida alheia, usar os conhecimentos da fé para explorar os outros. Também é um salmo especial para o equilíbrio mental e físico. De outra forma, ele é muito usado como apelo, nos casos de epidemias, doenças transmitidas por animais, insetos, vírus ou má alimentação. É especial para quem sonha com uma velhice feliz. Porque a força deste salmo está na certeza de que Deus ouve e providencia ajuda de acordo com a necessidade de cada um.

Salmo 77

Foto: iStock

Salmo 77

“Clamei a Deus com a minha voz, a Deus levantei a minha voz, e Ele inclinou para mim os ouvidos. * 2 No dia da minha angústia busquei ao Senhor; a minha mão se estendeu de noite, e não cessava; a minha alma recusava ser consolada. * 3 Lembrava-me de Deus, e me perturbei; queixava-me, e o meu espírito desfalecia (Selá) * 4 Sustentaste os meus olhos acordados; estou tão perturbado que não posso falar. * 5 Considerava os dias da antiguidade, os anos dos tempos antigos. * 6 De noite chamei à lembrança o meu cântico; meditei em meu coração, e o meu espírito esquadrinhou. * 7 Rejeitará o Senhor para sempre e não tornará a ser favorável? * 8 Cessou para sempre a sua benignidade? Acabou-se já a promessa de geração em geração? * 9 Esqueceu-se Deus de ter misericórdia? Ou encerrou ele as suas misericórdias na sua ira? (Selá). * 10 E eu disse: Isto é enfermidade minha; mas eu me lembrarei dos anos da destra do Altíssimo. * 11 Eu me lembrarei das obras do Senhor; certamente que eu me lembrarei das tuas maravilhas da antiguidade. * 12 Meditarei também em todas as tuas obras, e falarei dos teus feitos. * 13 O teu caminho, ó Deus, está no santuário. Quem é Deus tão grande como o nosso Deus? * 14 Tu és o Deus que fazes maravilhas; tu fizeste notória a tua força entre os povos. * 15 Com o teu braço remiste o teu povo, os filhos de Jacó e de José (Selá). * 16 As águas te viram, ó Deus, as águas te viram, e tremeram; os abismos também se abalaram. * 17 As nuvens lançaram água, os céus deram um som; as tuas flechas correram duma para outra parte. * 18 A voz do teu trovão estava no céu; os relâmpagos iluminaram o mundo; a terra se abalou e tremeu. * 19 O teu caminho é no mar, e as tuas veredas nas águas grandes, e os teus passos não são conhecidos. * 20 Guiaste o teu povo, como a um rebanho, pela mão de Moisés e de Arão.”

Todas as vezes que as palavras “Selá” e “Higaiom” aparecem, faça uma pausa e reflita sobre o que foi lido.

Comentário especial

Neste salmo, o versículo 14 já diz tudo “Tu és o Deus que fazes maravilhas; tu fizeste notória a tua força entre os povos”. Ele é muito importante na vida das pessoas que têm manias religiosas obsessivas, nas quais passam a impressão de estarem sempre com um manual de instruções nas mãos e não um livro de salmos. E, como se não bastasse, são rígidas com as outras pessoas e mantém os maus hábitos. Elas usam suas habilidades mentais e procedimentos contrários quando deveriam interpretar a beleza desta oração em forma de salmo. Mas, para isso, a humildade é o meio para torná-las eficientes, valorosas e discretas. Enfim, quem souber valorizar esta escrita, sustentará seu espírito acordado.

Frase de poder

“Clamei a Deus com a minha voz, a Deus levantei a minha voz, e ele inclinou para mim os ouvidos”.

LEIA TAMBÉM

Consultoria: Ira Pepino 

Edição: Ariane Frassato/Colaboradora | Design: Gabriel Andrade/Colaborador