Saiba como usar acessórios no trabalho

Profissionais dão dicas e indicam as peças adequadas

Escolher acessórios para usar no ambiente profissional não é uma tarefa fácil. Se exagerar nas escolhas, o look pode acabar chamando mais atenção do que o próprio trabalho. Para que isso não aconteça, confira as dicas das especialistas e arrase na empresa com o visual adequado.

Luciana Duarte, criadora do site Moda Ética e designer de produtos, destaca três pontos na hora da escolha de um acessório: segurança, formalidade e bom senso. Antes de escolher um brinco, por exemplo, é bom refletir sobre a situação em que ele é mais adequado: trabalho ou festa?

O primeiro passo é pensar se aquela peça pode atrapalhar a rotina do serviço. Um brinco muito grande pode enroscar na hora de atender o telefone. Um lenço muito largo pode dificultar a flexibilidade. A professora de moda da Universidade de Cuiabá Joana de Resende Assunção dá mais exemplos: “Muitos anéis ou muito grandes, que atrapalham as atividades ou um aperto de mãos, colares compridos que esbarram na mesa e engancham por onde passa”, alerta.

O clima do ambiente conta muito. Se for um lugar mais formal, é melhor apostar no look discreto. Luciana recomenda brincos de no máximo 3 centímetros. É possível fazer uma combinação poderosa mesmo sem extravagâncias. Já se o clima da empresa for mais informal, nada impede de usar um acessório power e abusar um pouco das cores.

Outro aliado é o bom senso. As peças que compõem o visual não devem ser usadas com exagero. Nem grandes demais, nem em grande quantidade. “Brincos simples em formato de botão em ouro, prata, pérola e brilhante são clássicos e se harmonizam com tudo“, aponta Joana.

Os esmaltes estão super em alta e também são acessórios fortes. Os tons nude, puxados para o pastel e os vermelhos queimados são os mais indicados. Fluorescentes e vermelhos fortes ficam fora da lista de permitidos. Muitos desenhos e aplicações não caem muito bem.

Segundo a consultora de imagem Nathalia Borzi, não existem regras fixas. O importante é ter em mente qual é a imagem que você gostaria de transmitir.

Além disso, Nathalia também lembra sobre utilizar acessórios que combinem com o seu tipo físico para deixar tudo em harmonia. “Sendo que para brincos e colares, o comprimento e largura do pescoço influenciam bastante para uma visual harmônico”, esclarece.

O cargo na empresa também pode influenciar. “Em profissões formais, como advogadas e secretárias executivas, o ideal é que se use peças discretas e de preferência pequenas, joias ou semijoias. Se o cargo for algo mais despojado, mas demanda de força física, como personal trainner ou fisioterapeuta, já pode optar por uma bijuteria, mas também em tamanho pequeno. No caso das pessoas que trabalham com moda, design ou arte, a ideia é ousar sem deixar o visual pesado e sem harmonia”, complementa Nathalia.

Nada de pecar pelo exagero. Com as peças adequadas, é possível mostrar sobriedade e arrasar na empresa. “Como regra geral, deixe as extravagâncias para os momentos de lazer”, finaliza Joana.

Veja as escolhas das personagens das novelas:

 

[galeria id=227]