Sabugueiro: invista na planta que é rica em flavonoides

Conheça o sabugueiro, planta é considerada “guardiã da saúde”. É também uma aliada na cozinha e na beleza, servindo até para escurecer os cabelos

sabugueiro
Foto: Stela Handa

Pertencente à família das Caprifoliaceae, o Sabugueiro é uma planta oriunda do continente europeu e do Norte de África. Sempre tem sido alvo de lendas e superstições. Acredita-se que da sua madeira foi feita a cruz na qual Cristo morreu, isto porque ao espremer o seu fruto escorre um sumo de cor vermelho sangue.

sabugueiro

Foto: Stela Handa

Conheça os benefícios

Há quem diga que cortá-lo dá azar. O Sabugueiro, também conhecido como sabugueirinho, sagugueiro-da-europa e sabugueiro-negro, é rico em alcalóides, flavonóides, glicosídios, tanino e sais minerais (potássio), possuindo diversas propriedades, entre as quais, depurativa, diurética, laxante, cicatrizante, sudorífera, resoluta e refrescante.

Usos

Na saúde: as flores eliminam ácido úrico, cálculos renais e toxinas, combatendo doenças como a obesidade, herpes, reumatismo, gota, artrite e dor ciática. O óleo essencial é indicado para constipações, tosse, espirros, rouquidão, catarros, nevralgia, nefrite, dor de ouvido e de cabeça, inflamações da laringe e garganta. Pode ser utilizado em feridas, faringite, sarampo e queimaduras. As inalações tratam otites e sinusites.

Na beleza: usado para escurecer o cabelo com vinho ou vinagre. Já a infusão é utilizada para aclarar e amaciar a pele. As flores e bagas são usadas na perfumaria.

Na culinária: as flores frescas enfeitam saladas e doces. Servem para preparar chás, sumos e aromatizar licores. Os frutos são utilizados na confecção de marmeladas, pastéis, tortas e xaropes.

Contra-indicações: não deve ser consumido por grávidas.

LEIA TAMBÉM:

Texto: Redação Alto Astral