Candidíase vaginal: causas, tratamentos e medidas preventivas para afastar o problema

As mulheres grávidas são bastante propensas a este tipo de infecções, assim como as mulheres na fase pré-menstrual. Entenda melhor a candidíase vaginal!

None
Dietas para perda de peso, pílula anticoncepcional, estresse intenso e o uso de medicamentos com corticoides podem causar este desconforto. FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/12/2017 às 15:30
Atualizado às 14:32

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O fungo que provoca a candidíase (cândida) existe nas regiões mais úmidas como a boca, a vagina, o aparelho gastrointestinal e a pele. Existe em pequenas quantidades e é inofensivo. O problema surge quando há um desequilíbrio que pode ser causado pelo uso de antibióticos que tratam outras infecções, e que atuam sobre os microrganismos, matando os bons e os maus e criando, assim, uma condição favorável ao crescimento do fungo responsável pelas candidíases. Mas existem outras causas: as mulheres grávidas são bastante propensas a este tipo de infecções, assim como as mulheres na fase pré-menstrual. No entanto, também algumas dietas para perda de peso, a pílula anticoncepcional, o stress intenso, o uso de medicamentos com corticoides ou a anemia também podem causar este desconforto. Conheça a seguir, as causas, os sintomas e os melhores tratamentos para a candidíase vaginal!

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.