Regra de 3 simples: entenda o cálculo de ordem diretamente proporcional

Regra de 3 simples: entenda o cálculo de ordem diretamente proporcional

Ao aplicar a regra de três é preciso ter cuidado com a proporcionalidade das grandezas, que podem ser diretamente ou inversamente proporcionais.

regra de três, diretamente proporcional

A regra de três pode ser simples, quando usada para resolver um problema relacionado à duas grandezas proporcionais, ou composta, quando houver mais de duas grandezas proporcionais. Lembrando que ao aplicar a regra de três é preciso ter cuidado com a proporcionalidade das grandezas, que podem ser diretamente ou inversamente proporcionais. Veja a seguir:

Diretamente proporcional

Por exemplo, se uma pessoa passar mais tempo estudando, significa que aumentará a quantidade de páginas lidas, isto é, as grandezas serão diretamente proporcionais. Logo, não é preciso inverter nenhuma das razões.

Exemplo:

Se 200g de um produto custam R$ 72,00, qual o valor de 500g deste mesmo produto?

• Observe que, se aumentarmos a quantidade do produto, também estaremos aumentando o valor desta quantidade. Logo, podemos dizer que essas grandezas são diretamente proporcionais. Então:

regra de três, diretamente proporcional

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini