Reeducação alimentar: 7 passos para começar já!

A reeducação alimentar exige uma mudança de hábitos completa. Por isso, separamos 7 dicas para te ajudar a começar. Confira!

Por Barbara Gatti - 05/09/2016
Alimentos, saudáveis e não saudáveis, estrada

Foto iStock.com/Getty Images

Começar uma reeducação alimentar nem sempre é fácil, pois, mais do que fechar a boca, é necessário uma mudança de hábitos completa. Quer uma forcinha? Confira esses 7 passos importantes!

Alimentos, saudáveis e não saudáveis, estrada

FOTO: iStock

1. Monte pratos coloridos

Alimentos de diferentes cores carregam consigo diferentes nutrientes. Por exemplo: o licopeno, responsável pelo vermelho do tomate, goiaba e melancia, atua contra doenças degenerativas e câncer, enquanto o betacaroteno, presente na laranja e na cenoura, ajuda na produção de vitamina A e fortalece o sistema imunológico.

2. Não coma enquanto assiste à televisão

É preciso se concentrar no ato de comer. Quem não tira os olhos da tela enquanto realiza suas refeições deve saber que, assim, o organismo demora para perceber que já está satisfeito. O resultado? Você come mais do que gostaria, mas só se dá conta disso tarde demais.

3. Prefira produtos integrais

As versões refinadas do açúcar ou da farinha podem até parecer mais saborosas. O problema é que, no processo químico de refinamento, boa parte dos nutrientes vai embora e sobram calorias vazias, que irão saciar menos a fome.

pães integrais

FOTO: Shutterstock

4. Modere no sal

A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica menos de 5g por dia — o que dá menos de 1 colher (chá) rasa ou menos de 5 pacotinhos de 1g, daqueles servidos em restaurantes. Lembrando que alimentos enlatados e embutidos já trazem quantidades grandes de sal, que funciona como conservante.

5. Leia os rótulos

Não se assuste se, no começo, parecer muito complicado consultar os ingredientes do seu produto favorito. Com o passar do tempo, se tornará um hábito e saber o que se está comendo é fundamental. Nas embalagens, os ingredientes do produto aparecem sempre de acordo com a quantidade, na ordem decrescente.

VEJA TAMBÉM

6. Alimente-se de 3h em 3h

Grandes intervalos entre as refeições deixam o metabolismo mais lento, o que prejudicará a absorção dos carboidratos, que serão depositados na forma de gordura. Entre café da manhã, almoço e jantar, faça pequenos lanches.

rotina

FOTO: Shutterstock

7. Exercite-se

O corpo humano foi feito para estar em constante movimento. A atividade física irá queimar calorias e liberar na circulação substâncias que provocam prazer, ajudando a lidar até com o estresse.

Consultoria: Ana Raquel Bucar, nutricionista.