Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Corante vermelho, presente em alimentos como a salsicha, pode ser prejudicial
Corante vermelho, presente em alimentos como a salsicha, pode ser prejudicial - Shutterstock

Receitas

Você sabia? Corante vermelho pode causar danos ao intestino

Descubra os malefícios de alguns tipos de corante vermelho para a saúde e saiba como identificar aqueles que são prejudiciais

O corante vermelho é um ingrediente muito comum em alimentos ou bebidas coloridas. Eles aparecem em carnes processadas, como a salsicha, bebidas, doces populares, como M&M’s e Skittles, salgadinhos industrializados como Doritos, cereais matinais e até mesmo em suplementos alimentares.

Porém, o que muitos não sabem é que esse corante pode ter impactos negativos na saúde, ainda mais quando consumidos em grandes quantidades. Especificamente, alguns tipos do produto da cor vermelha estão associados a problemas no intestino.

Assim, é crucial estar atento ao tipo de corante vermelho utilizado, pois nem todos são seguros para o consumo. A seguir, entenda melhor as diferenças entre eles e seus impactos no organismo, de acordo com o médico nutrólogo Dr. Ronan Araujo:

Tipos de corantes vermelhos

Entre os corantes vermelhos sintéticos mais utilizados, Dr. Ronan Araujo cita o Vermelho Allura (INS 129) e o Ponceau 4R (INS 124). Ambos vêm de compostos petroquímicos e alguns países até proíbem o uso devido aos riscos à saúde.

Outro corante vermelho sintético bastante conhecido é o Amaranth (INS 123), também chamado de Bordeaux S. Ele é proibido em países como Estados Unidos, Áustria, Noruega e Rússia, entretanto ainda é permitido no Brasil.

Mesmo entre os produtos naturais pode haver aqueles que fazem mal. É o caso do carmim, também conhecido como cochonilha ou vermelho natural 4. Ele traz sintomas de alergia em algumas pessoas, como inchaço facial, chiado no peito, erupções cutâneas e complicações intestinais. Em casos graves, pode até desencadear uma reação anafilática.

Contudo, vale ressaltar que nem todos os corantes vermelhos são prejudiciais à saúde. Alguns dos naturais, como as antocianinas (pigmentos vermelhos encontrados em frutas e vegetais), podem inclusive ter efeitos benéficos para a saúde. O melhor é evitar os sintéticos e consumir apenas esses.

Impacto no intestino

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Ontário, no Canadá, revelou que o corante vermelho pode ter efeitos negativos no trato gastrointestinal. Segundo os pesquisadores, ele consegue inibir a capacidade de absorção de nutrientes, água e eletrólitos pelo intestino, aumentando o risco de doença inflamatória intestinal.

“Portanto, é importante estar atento aos rótulos dos produtos alimentícios e verificar a presença de corante vermelho, tanto pelo nome específico quanto pelo número INS. É necessário analisar se ele é seguro para o consumo”, orienta Dr. Ronan Araujo.

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

O estresse pode se manifestar no corpo humano de diferentes maneiras, incluindo algumas pouco faladas; descubra quais são

Entretenimento

Pesquisa da Preply revela que o período do Carnaval é oportunidade para praticar idiomas com turistas estrangeiros

Finanças e Empreendedorismo

Seu dinheiro acaba antes do final do mês? Saiba como fazer para seu salário render mais e organizar as suas finanças pessoais

Beleza

Especialista explica a diferença entre as técnicas de sobrancelhas mais populares dos salões de beleza