RECEITAS

10 benefícios da abobrinha para você acrescentar ela agora no seu prato!

Abobrinha faz bem para os olhos, coração, pressão arterial, digestão e intestino. Está esperando o que para acrescentar no seu prato? Veja mais benefícios!

None
FOTO: Rodrigo Moreira/JOBZ Fotografia

por Redação Alto Astral
Publicado em 22/08/2016 às 10:01
Atualizado às 19:28

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Apesar de se desenvolver melhor em locais com temperaturas amenas, a abobrinha se adapta a uma larga faixa de temperaturas, podendo ser plantada durante o ano inteiro em quase todas as regiões do Brasil. E quem quer uma ajuda extra na dieta, tem na abobrinha uma grande aliada. É que ela auxilia a manter a forma e possui diversas proteínas e vitaminas importantes para a manutenção do bom funcionamento do organismo. Pode apostar, sem medo! Veja!

Canoa de abobrinha na travessa com tomates, saleiro e pimenteiro.

FOTO: Rodrigo Moreira/JOBZ Fotografia

Rica em vitaminas!

  •  É fonte de vitaminas A e C, além das do complexo B e rica em cálcio, potássio, ferro e fósforo.
  •  É uma grande aliada no emagrecimento, por ser pouco calórica.
  • Tem alta concentração de cálcio, que participa da formação de ossos, dentes e articulações.
  • Ajuda a garantir a saúde dos olhos.
  • Por ser rica em potássio, promove a dilatação dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação e prevenindo problemas cardiovasculares (infarto e derrame).
  • Auxilia no controle da pressão arterial.
  • Possui muitas fibras, que ajudam no bom funcionamento do intestino e evitam a prisão de ventre.
  • Composta por 94% de água, a abobrinha é de fácil digestão.

Tipos mais comuns de abobrinha

Italiana

Tem formato alongado e aparência listrada nas cores verde claro e escuro. Fica ótima recheada, grelhada ou refogada.

Brasileira ou menina

É arredondada em uma das extremidades. Ideal para ser consumida refogada, em recheios de tortas ou ralada, em fritadas e suflês. Na hora da compra… Escolha os legumes firmes, com a casca brilhante, sem partes escuras ou amolecidas. A abobrinha estraga rapidamente, então, deve ser conservada na geladeira por no máximo cinco dias.

SAIBA MAIS

Batata-doce: conheça as qualidades e aprenda como consumir!

Você sabe limpar alimentos? Aprenda higienizar frutas e legumes!

Dicas de preparo

A abobrinha pode ser consumida refogada no óleo ou azeite, cozida, em saladas, suflês, frita à milanesa, recheada ou como ingrediente em bolos, tortas, pizzas e pastelões. Ao preparar a abobrinha, evite descascá-la e cozinhar em excesso para que ela não perca nutrientes importantes. O ideal é cozinhar, no máximo, por 10 minutos.

Faz bem para:

  • Olhos
  • Coração
  • Ossos
  • Pressão arterial
  • Digestão
  • Intestino

Texto: Sheila Junqueira