Crie um quarto com espaço de diversão para as crianças

Confira dois projetos para você se inspirar e criar um quarto infantil que reúne conforto e muita diversão para as crianças

Quarto de menina e menino com uma cama à esquerda feita de madeira e do lado direito há uma cama no alto que fica encima de um espaço para estudos do menino junto ao ambiente de diversão para as crianças.
Foto: Guilherme Costa Pinto

Um quarto diferente, com espaço para dormir, brincar, ter diversão para as crianças e até fazer a tarefa de casa. Tudo isso reutilizando materiais e gastando pouco. Parece difícil? A Decore Fácil! mostra que é possível, sim!

Aproveite

A arquiteta Mayumi Yamagata conta que para esse efeito na parede utilizou forminhas de pão-de-mel pintadas com spray branco e uma cola de alta aderência para fixar: “Os caixotes, eu peguei na feira. Depois é preciso apenas dar acabamento, lixar, envernizar e usar do jeito que achar melhor. Utilizei rodízios para transformar em baú de brinquedos, empilhei para fazer uma mesa de cabeceira, cortei ao meio e coloquei na parede para fazer como expositor de livros e bonecas”.

Menos rosa e mais diversão para as crianças

Yamagata escolheu a Cortina Celular. Ela afirma que este modelo trouxe equilíbrio ao quarto. “Projetei um ambiente colorido para fugir da supremacia rosa, geralmente associada ao universo feminino. A cortina da Amorim trouxe aconchego, além de produzir um toque feminino e delicado em função do modelo escolhido. Também usei tinta na cor verde escolar para pintar um quadro negro na parede. A tenda foi estruturada com um bambolê e executada por uma boa costureira”, explica.

No espaço de 15m², o arquiteto Gustavo Calazans conseguiu criar espaços divididos para dois irmãos: um para uma menina pequena e um para um menino pré-adolescente. Confira os truques para conseguir vencer esse desafio e criar um ambiente com diversão para as crianças!

Multiuso

Quando a casa é pequena e dois filhos dividem o mesmo quarto, é interessante fazer uma decoração com dois estilos. Nesse caso, o canto do pré-adolescente tem cama no mezanino. Já a cama da filha menor se transforma em sofá para as brincadeiras diárias e conta com uma bicama para receber visitas. Para definir e separar as áreas, a paleta de cores tem papel fundamental no projeto.

A altura das bancadas de estudo é adequada à idade de cada filho. A mais baixa poderá ser elevada conforme a menina crescer.

Decoração versátil

Gustavo explorou diversos revestimentos: piso vinílico colorido e no padrão madeira, tinta e painéis de madeira e fotográfico com imagem de balas jujuba na parede. Conforme os filhos crescem, um ou outro material pode ser substituído.

Há a possibilidade de armazenamento de caixas de brinquedo e de gaveteiros embaixo da estrutura das camas e bancadas.

Sustentável

O OSB foi usado nos revestimentos de parede, bancadas e cama. Além de ser um material reciclado, protege a parede das brincadeiras das crianças. O mezanino onde fica a cama do filho maior é todo de madeira e a área de baixo recebeu o canto de estudos com bancada e painel de OSB, que se estende por toda a parede.

Texto: Redação Alto Astral | Projeto 1: Mayumi Yamagata, Niterói – RJ; Projeto 2: Gustavo Calazans, São Paulo – SP

LEIA TAMBÉM