Veja o que fazer na primeira transa com o par para que ela seja demais!

Confira aqui algumas dicas de como agir antes, durante e depois da primeira transa com o par. O sexo, com certeza, será inesquecível!

Por Paula Alves - 11/01/2017
casal na primeira transa

Foto: Shutterstock

É normal tremer na base durante a primeira transa com aquela pessoa especial. A insegurança é um fator supernormal e, nessa hora, seu parceiro ou sua parceira também estarão passando pela mesma situação. Mas, o que fazer para garantir uma segunda vez? Confira as dicas para arrasar antes, durante e depois da transa!

Antes da primeira transa

O cenário ideal

Como é a primeira vez que vai rolar o sexo, é normal não ter intimidade e os dois ficarem acanhados. Para amenizar a situação, que tal criar um clima aconchegante? Não precisa exagerar nos preparativos, basta deixar o local agradável para que sua parceira ou seu parceiro relaxe e deixe tudo rolar naturalmente.

Uma música suave é bem-vinda, pois faz os dois se soltarem… Uma bebida também cai bem, mas sem excessos! Afinal, o objetivo da noite é transar e não ficar bêbado! Que tal uma iluminação especial? O quarto à meia-luz é ótimo para criar intimidade e ninguém vai ter vergonha de tirar a roupa na hora H!

casal na primeira transa

Foto: Shutterstock

Você é o melhor presente

Algumas pessoas, apesar de seguras, têm outro tipo de preocupação na primeira noite. Joana, 25 anos, por exemplo, só quer saber de estar irresistível: “Me preocupo com a roupa, para não estar nem largada nem chamativa demais, com a lingerie e o perfume certos… Eu sou o melhor presente!”, diz. Caprichando na produção, não tem quem não caia aos seus pés! Por isso, escolha uma roupa que deixe você bem sensual e, ao mesmo, tempo, confortável. Imagine se, na hora da pegação, você só ficar se preocupando em arrumar a camisa dentro da calça ou ajeitar a alça do sutiã novo que teima em cair? O tesão, que é bom, vai embora na hora. Escolha bem a cueca ou a lingerie, você não vai querer que seu par desaprove suas roupas íntimas, não é? O visual conta muito nessa hora. Um perfume gostoso na dose certa também pode estimular os sentidos e deixar a pessoa ainda mais louca para transar.

Durante a primeira transa

Preliminares

Tente tirar a roupa de uma forma bem sensual: deixe que o seu parceiro ou sua parceira curta cada descoberta do seu corpo e fique a ponto de explodir de tesão! Com tantos estímulos visuais, não tem como não deixar a pessoa excitada. Pode rolar de um dos dois sentir certo desconforto na hora de tirar as roupas na frente de quem ainda não tem tanta intimidade. A solução é relaxar e não pensar nessas encanações, se a mulher ou o homem está na cama com você, é porque sente desejo. Caso perceba que a outra pessoa está com vergonha, mostre como você está adorando o momento: seu par vai relaxar e o sexo deve ficar ainda melhor. Estar à vontade é o primeiro passo para uma transa inesquecível!

Vale tudo?

O sexo já está rolando e você está sentindo muito prazer. Mas, até onde deixar as coisas acontecerem na primeira vez para que ela seja realmente memorável? Não existem regras, pode rolar uma química tão intensa entre vocês que a transa seja superprazerosa. Mas, se o homem se sentir constrangido em fazer sexo oral na sua parceira, por exemplo, ou a mulher abominar sexo anal, nada de forçar a barra! Afinal, todos querem ser lembrados pelos orgasmos que causaram e não pelos constrangimentos. Sinta os limites do outro, vá até onde os dois estejam curtindo o prazer!

Pequenos inconvenientes

Por mais que, na sua cabeça, a transa tenha tudo para ser perfeita, sempre podem surgir alguns inconvenientes. Vocês podem estar no maior entrosamento quando a camisinha estoura, o homem pode estar tão louco de tesão que tem uma ejaculação precoce, a mulher pode não estar muito lubrificada, por ansiedade ou nervosismo, o homem pode acabar broxando… E aí, a transa pode não ser muito legal. O que fazer nessas horas? O importante é ter jogo de cintura e diálogo. Não importa se vocês se conhecem há meses ou apenas 15 minutos, tem que negociar para resolver o inconveniente e a transa voltar a ficar quente. Afinal, o sexo não precisa ser perfeito para ser inesquecível!

Homem e mulher na primeira transa

Foto: Shutterstock

Depois da primeira transa

A cena do crime

O sexo foi realmente demais, os dois chegaram ao orgasmo intensamente. Você não vai querer que o “depois” da transa atrapalhe tudo, não é mesmo? Se o seu parceiro ou parceira vai dormir na sua casa, limpe a cena do crime, pois ninguém gosta de acordar ao lado de camisinhas usadas e lençóis melados, né? Que tal tomar um bom banho? Depois de tanto esforço, é bem provável que vocês estejam bastante suados. Na hora de dormir, não precisam ficar grudados um no outro: deixe o seu par confortável, na posição que quiser. Os cuidados no dia seguinte também são muito importantes! Acorde e escove os dentes, para poder beijar seu par com um hálito gostoso, vista uma roupa legal e prepare um delicioso café da manhã. Quem sabe o dia não começa no mesmo ponto em que vocês pararam?

Uma noite e nada mais?

Já que a transa foi boa, é possível que a pessoa queira sair com você novamente para repetir a dose. Pode acontecer também de ter sido uma noite boa e nada mais. Estamos acostumados a pensar que só o que dura para sempre que pode ser legal, mas não é porque rolou só uma vez que não vai ser algo inesquecível. Se não rolar mais um encontro, guarde esses bons momentos na sua memória e bola pra frente!

LEIA TAMBÉM: