Dicas para minimizar os danos da poluição na pele

Com o processo de retomada das atividades no pós-quarentena alguns cuidados com a cútis são necessários

poluição na pele
Foto: Reprodução

Quem está se preparando para o processo de reabertura dos comércios e da rotina normal de trabalho, sabe que alguns hábitos precisarão mudar. Não só por conta dos cuidados básicos de prevenção contra a Covid-19, mas também em razão dos males causados pela poluição na pele.

Como a poluição na pele desencadeia o envelhecimento precoce?

Um dos principais problemas de viver em grandes centros urbanos é lidar com a baixa qualidade do ar. A condição é sinônimo de problemas tanto para a saúde respiratória quanto para a cútis, que sofre com a exposição às toxinas, que criam um ambiente perfeito para o aparecimento de rugas e sinais.

Não é nenhuma novidade que a radiação proveniente da exposição solar também pode ser muito nociva à qualidade de vida da pele. Esses efeitos combinados com os poluentes liberados pelos automóveis, podem causar um quadro de envelhecimento precoce muito indesejado por homens e mulheres. Isto porque a cútis perderá parte da elasticidade e da firmeza. Portanto, quando voltar a sair para o trabalho ou qualquer outra atividade, é essencial tomar alguns cuidados básicos.

Como evitar os danos?

Produtos e alimentação

Procure por produtos com substâncias antioxidantes em suas fórmulas e regule sua alimentação para consumir aqueles que são ricos em vitamina E, C e A, como abacate, morango e cenoura, respectivamente.

Lave o rosto

Um hábito simples para aderir é o de lavar o rosto assim que chegar da rua. A atitude contribui para eliminar as impurezas e evitar obstruções nos poros – que causam acne. Portanto, já sabe, né? Chegou em casa, a primeira coisa é higienizar a face!

Protetor solar

Como bons habitantes de um país tropical, os brasileiros adoram passar horas ao sol à espera do bronze perfeito. Não que isso seja proibido (ao contrário, é importante para a saúde), mas o protetor solar é indispensável, mesmo para aqueles que já têm a pele morena tanto por conta da saúde quanto para driblar o envelhecimento. Além disso, o protetor solar deve ser aplicado todos os dias e não apenas na praia ou piscina. O uso deve ser estimulado desde criança para evitar os efeitos cumulativos na pele, que podem causar danos mais tarde, inclusive câncer.

Pele hidratada

Não basta apenas escolher um hidratante de alta potência, é preciso, também, saber qual é o melhor momento para aplicá-lo à pele. O ideal é passar o líquido em todo o corpo logo após o banho. Isto porque, com os poros abertos, as substâncias restauradoras conseguem agir e serem absorvidas em sua totalidade. Além disso, procure sempre manter as mãos hidratadas após o uso de álcool em gel.

Esfoliação

Além de ser ótima para quem possui pele oleosa, também é um método eficaz de remover as células mortas, incentivando sua renovação e a produção de colágeno. No entanto, é necessária muita atenção para não repetir o procedimento mais do que duas vezes por semana. Confira uma receita caseira:

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de açúcar granulado
  • 1/2 colher de chá de mel
  • Suco de meio limão fresco

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes num recipiente, até que fique uma mistura homogênea. Em seguida, aplique o esfoliante e massageie de 3 a 5 minutos. Mantenha a fórmula sobre a pele por 10 minutos e depois lave bem a região.

Procedimentos estéticos

Com os anos de pouco cuidado com a poluição na pele, pode ser que o quadro atual já seja irreversível, embora os hábitos que citamos acima continuem sendo essenciais. Portanto, se esse for seu caso, é possível procurar por procedimentos estéticos como peelings e lasers, que atuam para remodelar a estrutura da pele e restaurando as fibras de colágeno.

Leia também: