Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Água, comida e até outros bichos podem oferecer riscos à saúde do seu pet, sabia? Por isso, é preciso vermifugar o animal para prevenir e tratar doenças
Administrar o vermífugo é essencial para a saúde do animal - Shutterstock

Pets

Saiba quando e porque vermifugar o pet

Água, comida e até outros bichos podem oferecer riscos à saúde do seu pet, sabia? Por isso, é preciso vermifugar o animal para prevenir e tratar doenças

[PAGE TITLE]

Assim como as vacinas para cães e gatos, a vermifugação é essencial para a saúde dos pets e deve ser administrada de tempos em tempos, tanto para a prevenção de vermes, quanto para tratar a doença em casos de infecção por parasitas. Mas para garantir o efeito desejado é preciso saber o momento certo para dar o vermífugo, viu?

Antes de tudo, vale entender para que serve a medicação. Seu intuito é proteger o animal contra as patologias causadas por vermes, capazes de prejudicar a absorção de nutrientes e trazer diversos prejuízos à saúde e ao bem-estar do bichinho. E não para por aí: dependendo do agente, os seres humanos também podem ser contaminados por essas doenças, conhecidas como zoonoses. 

Sintomas das verminoses em pets

Embora o vermífugo seja receitado, sobretudo, para proteger o animal, ele também é indicado como tratamento quando já houve o diagnóstico de verminose. Nesses casos, é comum que o pet apresente alguns sintomas e é essencial conhecê-las para saber quando buscar ajuda do veterinário. São eles:

  • Fezes pastosas com pontos brancos ou pedaços de vermes;
  • Cansaço e/ou indisposição;
  • Queda de pelos e falta de brilho;
  • Abdômen inchado;
  • Perda de peso;
  • Diarreia.

Portanto, se notar alguns desses sinais, principalmente ocorrendo ao mesmo tempo, leve seu amigo ao médico imediatamente! 

Quando vermifugar?

Em casos de prevenção, ou seja, em que o animal não está infectado nem apresenta sintomas, é comum que a administração seja dividida em algumas doses e ocorra mais de uma vez ao ano. Além disso, alguns fatores serão determinantes na decisão do medicamento e da frequência — que só pode ser definida pelo veterinário —, como: o local onde mora, a idade, o peso e a convivência com outros bichos.

Já para tratar os vermes, a administração vai depender do exame físico do animal, seus sintomas e dos resultados de alguns exames que serão solicitados pelo especialista, como a análise de fezes, por exemplo. Logo, a dose deverá ser ajustada conforme cada caso. Nada de automedicação, hein?! 

Fonte: Vetnil, responsável por pesquisas e desenvolvimentos de produtos para a saúde animal. 

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Amor e Sexo

De acordo com a Ph.D. em relacionamentos, Pat Allen, existem passos importantes para se desapaixonar; confira quais são

Casa & Decor

Sua casa tem piso de madeira? Então descubra de uma vez por todas como limpar ele corretamente e deixá-lo brilhando

Moda

Paris foi tomada pela Semana de Alta-Costura e das passarelas saíram várias tendências de maquiagem e cabelo fáceis de usar no dia-a-dia

Receitas

Quem não ama uma pizza, né? Veja essas receitas que provam que, além de maravilhosa, ela não precisa ser tão difícil de fazer

Receitas

Descubra novas receitas para fazer com aquele peito de frango do dia a dia

Beleza

Se o cansaço tem te impedido de tirar a maquiagem antes de dormir, é melhor ficar por dentro dos malefícios causados por esse hábito

Receitas

O início da semana é o momento exato para retomar a dieta! Confira agora 6 opções de receitas fitness simples para sua segunda

Comportamento

A vontade de viajar durante as férias está grande? Separamos destinos mais em conta e rápidos para relaxar e aproveitar alguns dias de descanso