Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Sempre se atente a esses cuidados antes de levar seus pets no Carnaval
Sempre se atente a esses cuidados antes de levar seus pets no Carnaval - Shutterstock

Pets

Pets no Carnaval: 5 cuidados para levar o cãozinho para a folia

Os doguinhos podem pular Carnaval no bloquinho junto com você, desde que algumas medidas sejam seguidas para a segurança dos pets

O Carnaval está chegando e é o momento perfeito para pular e se divertir muito com a família, os amigos e até o seu cãozinho! Isso mesmo! Dá para incluir os pets no Carnaval de forma segura, desde que algumas medidas sejam tomadas para que o pet não fique desconfortável ou até passe mal durante a folia.

A médica-veterinária Dra. Aline Ambrogi explica que há bloquinhos preparados para receber os animais de estimação. “O carnaval pode ser uma boa opção no caso de bloquinhos pet friendly que possuam estruturas para animais, como sombra e disponibilidade de água fresca”, diz a docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Jaguariúna (UniFAJ), do Grupo UniEduK.

Ela também ressalta que, para que a diversão não se transforme em um estresse, o cãozinho precisa estar vacinado e acostumado com passeios em locais agitados, com presença de pessoas, outros animais e sons altos.

Mesmo assim, é necessário tomar medidas importantes antes. Por isso, confira a seguir 5 dicas da Dra. Aline Ambrogi para levar os pets no Carnaval com segurança:

Seu cão também sente sede e fome

Lembre-se que, assim como você, seu animal também tem fome e sede. Então não esqueça de ofertar água sempre fresquinha, limpa e abundante. Na hora de comer, pelo menos duas vezes ao dia, podendo ser oferecida ração úmida.

Como petisco, leve frutas suculentas, como melancia e melão. Mas nem pense em uva, carambola e casca de abacate, pois causam intoxicação ao animal.

Mantenha o animal na guia e com coleira

Os cães conseguem ouvir barulhos bem distantes e, com o som alto, podem ficar com medo e, com isso, mais agressivos com pessoas próximas e até propensos a escapar. Portanto, deixe o animal sempre com guia e coleira com identificação.

Encontre um espaço confortável

Os pets no Carnaval também precisam que o ambiente seja ideal para eles. Por isso, o ideal é considerar bloquinhos pet friendly, todavia apenas ver que o evento se denomina assim não é o suficiente. Portando, confira se ele realmente tem tudo o que é necessário.

Precisa ser um local tranquilo, sem tanta multidão e mais arejado. Se possível, mantenha o pet em algum local com sombra, uma vez que o sol excessivo pode gerar problemas de saúde. Inclusive, se perceber que, mesmo assim, o calor está muito intenso, o melhor é não arriscar, especialmente no horário de pico. Ainda sobre o calor, não se esqueça do protetor solar para pets.

“O ideal é ter sempre o bom senso e ficar atento a temperatura naquele momento. O calor intenso pode levar o animal a uma hipertermia, doença que causa até o óbito do pet. Deve-se ter uma atenção especial, principalmente, com as raças braquicefálicas (shih-tzu, pug, buldogue francês, etc.). Essas que possuem cabeça mais ‘achatada’ e o focinho ‘encurtado’ têm maior dificuldade para respirar”, explica Dra. Aline Ambrogi.

Outro fator a se levar em consideração em relação ao espaço escolhido para a folia é o barulho causado pelas atrações musicais. Segundo a médica-veterinária da UniFAJ, o som muito alto pode assustar os cães, pois eles possuem sensibilidade maior e conseguem ouvir mais que o dobro do ser humano.

Mantenha seu pet longe tinturas, sprays e espumas

O momento é de diversão e alegria, porém em hipótese alguma utilize tinturas, sprays e espumas para “decorar” o pet. De acordo com a médica-veterinária da UniFAJ, esses produtos são altamente químicos e podem causar estresse e alergias na pele do cão.

Fantasias e adereços estão liberados com ressalvas

Uma forma divertida de integrar os pets no Carnaval são as fantasias e adereços. Todavia, é preciso que eles não incomodem os animais, então dê preferência para tecidos mais leves, como malha e algodão e analise a reação do seu cãozinho.

Com essas dicas, os pets podem se divertir no Carnaval junto com você sem medo!

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Saúde

Artista revelou que sofre de psoríase no couro cabeludo desde a infância; médico explica os sintomas e tratamento

Pets

Médica veterinária lista os cuidados e itens necessários para garantir uma tutela responsável; confira quais são

Estilo de Vida

Para tomar melhores decisões é necessário que o corpo esteja descansado e a mente livre de preocupações; entenda