6 perguntas respondidas sobre alimentos funcionais

Saiba mais sobre os alimentos funcionais, aliados do emagrecimento, da saúde e do bem-estar, e inclua-os no seu cardápio já!

Conheça mais sobre os poderosos alimentos funcionais
Foto: Shutterstock.com

Está procurando um aliado para a sua dieta? Então aposte nos alimentos funcionais! Saborosos e muito nutritivos, eles podem ajudar (e muito!) na hora do emagrecimento, além de oferecerem diversos benefícios à saúde. Eles podem, por exemplo, reduzir o risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer e diabetes. Teste e comprove os resultados você mesma!

Conheça mais sobre os poderosos alimentos funcionais

Foto: Shutterstock.com

1. O que são alimentos funcionais?

Também chamados de nutracêuticos, são aqueles que, além de cumprirem sua função nutricional básica, contêm compostos que trazem benefícios à saúde.

SAIBA MAIS

Conheça os benefícios das diferentes versões da linhaça 

Pimentão é rico em vitaminas e protege a saúde

Confira as vantagens dos alimentos antioxidantes 

2. Quais os principais alimentos funcionais?

Todo alimento natural pode ser caracterizado como funcional, já que contém, em doses variáveis, componentes essenciais à saúde, como vitaminas, minerais, enzimas e fibras.

3. Quais seus benefícios?

Melhoram a saúde, o coração, o vigor, o funcionamento intestinal, o sistema imunológico e reduzem o risco de doenças. Alguns alimentos como chá verde, tomate, amora e soja têm poder antioxidante, neutralizando a ação dos radicais livres, responsáveis por processos degenerativos como o câncer e o envelhecimento.

4. Qual o papel dos funcionais no combate às doenças?

Auxiliam na redução de doenças crônico-degenerativas e promovem um antienvelhecimento físico e intelectual. Eles previnem, mas não curam doenças. Por exemplo: as frutas cítricas fortalecem o sistema imunológico; o alho estimula a função imunológica e reduz o colesterol ruim; o leite fermentado previne o câncer intestinal e controla a glicemia.

5. Eles ajudam a reduzir o risco de doenças cardiovasculares?

Sim. Alguns alimentos são poderosos, como o farelo da aveia, que é rico em fibras e reduz o colesterol; os vegetais crucíferos (brócolis, repolho e couve-flor), ricos em glicosinatos, cálcio e magnésio; a linhaça, que contém lignana; os peixes de água fria (atum e salmão) e o azeite, ricos em ômega 3.

6. Os funcionais podem ser consumidos à vontade?

Não existem riscos com esses alimentos, mas o ideal é seguir um cardápio preparado por um nutricionista.

Texto: Liliane Encarnação | Consultoria: Heloísa Rocha, médica ortomolecular do Rio de Janeiro (RJ)