Panqueca sem glúten com shitake

Prepare hoje mesmo essa deliciosa panqueca sem glúten com shitake. É levinha, nutritiva e tem um sabor maravilhoso! E o melhor é que não contém farinha!

Panqueca sem glúten com shitake
Que tal uma panqueca sem glúten com shitake? Muito saudável! | Foto: Rodrigo Moreira – JOBZ Fotografia | Produção: Livia Badan – JOBZ Fotografia
duas panquecas sem glúten com shitake e cobertas com molho de tomate sobre um prato branco

Opção de prato rápido para o almoço. | Foto: Rodrigo Moreira – JOBZ Fotografia | Produção: Livia Badan – JOBZ Fotografia

Tempo: 1h
Rendimento: 4 porções
Dificuldade: fácil

Ingredientes da panqueca sem glúten com shitake

  • 8 ovos
  • 2 colheres (sopa) de cheiro-verde
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Azeite para untar
  • Queijo parmesão light e cebolinha picada para polvilhar

Recheio

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 2 dentes de alho picados
  • 250g de shitake fresco, limpo e em tiras
  • 2 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu) light
  • Sal a gosto

Molho

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 2 dentes de alho picados
  • 1/2 cebola picada
  • 4 tomates batidos no liquidificador
  • 1/2 xícara (chá) de água
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Coloque os ovos, o cheiro-verde, sal e pimenta em uma vasilha e bata com um batedor manual até ficar aerado. Despeje 1/4 da massa em uma frigideira antiaderente, untada, e leve ao fogo baixo até firmar e formar a panqueca. Repita o procedimento com a massa restante formando mais 3 panquecas. Reserve. Para o recheio, aqueça uma panela com o óleo, em fogo médio e refogue o alho e o shitake por 3 minutos. Adicione o shoyu, tempere com sal e refogue por 2 minutos. Desligue e reserve. Para o molho, aqueça uma panela com o óleo e frite o alho e a cebola até murchar. Adicione o tomate, a água e cozinhe em fogo baixo, mexendo algumas vezes até reduzir e formar um molho encorpado. Acerte o sal e desligue o fogo. Divida o recheio entre as panquecas, enrole, coloque em uma travessa e regue com o molho. Polvilhe com parmesão e cebolinha e sirva.

Colaboração: Ângela Cardoso e Fernando Santos

LEIA TAMBÉM