Os benefícios do azeite para o cérebro

Bastam 2 colheres de sopa por dia para melhorar a memória e até prevenir acidente vascular cerebral

O cérebro precisa de bastante energia para funcionar plenamente. O resultado dessa atividade intensa é a formação de resíduos que atacam as próprias células cerebrais. São os radicais livres que provocam o desgaste do órgão, aceleram o envelhecimento de todo o corpo e também podem causar doenças degenerativas como o Mal de Alzheimer.

Quanto mais deterioradas estiverem as células cerebrais, menor será a atividade mental. O azeite é um ótimo aliado para combater os radicais livres por ser uma gordura de boa qualidade, que auxilia na formação de células nervosas saudáveis.

Os benefícios do azeite para o cérebro

Foto: Thinkstock/Getty Images

Ação antioxidante

O óleo também é rico em vitamina E, que possui propriedades antioxidantes. Isso previne a degeneração das células cerebrais, favorecendo a manutenção do sistema nervoso.

“Os ácidos graxos presentes no azeite regulam a energia na região cerebral e são componentes da estrutura das células nervosas e da membrana que cobre parte dessas células e auxilia na rapidez com que as informações são transmitidas”, destaca a nutricionista Bianca Innocencio.

Como escolher

A escolha do azeite como a principal fonte de gordura do cardápio é a melhor opção para manter uma alimentação saudável, sem abrir mão do sabor. O azeite do tipo extravirgem é extraído diretamente da azeitona, sem processos químicos. Além disso, possui mais antioxidantes que os demais óleos produzidos a partir de grãos e sementes.

Na hora da compra

– Prefira sempre o extravirgem, o mais rico em antioxidantes;

– Opte por embalagens de vidro escuro, que não interferem na qualidade nutricional do óleo;

– Verifique a data de fabricação. Os mais novos são melhores;

– Confira se o produto não é composto, ou seja, se foi misturado com outros óleos.

Como utilizar

Adicione o azeite no fim do preparo dos alimentos, para evitar a oxidação e a perda das propriedades benéficas pelo calor. Outra opção é incluir o óleo no tempera da salada e aliá-la a uma alimentação saudável.

Dica

Para quem deseja ter uma memória forte, o consumo do azeite deve ser adotado junto com outras práticas, como: dieta equilibrada, prática de exercícios físicos e boas noites de sono.

Consuma com moderação!

O azeite é mais saudável que os outros óleos, mas é tão calórico quanto. Apenas 1 grama fornece 9kcal. Pessoas com pancreatite ou pedra na vesícula também devem restringir o consumo e consultar o médico e/ou nutricionista.