Novena poderosa para encontrar um amor com ajuda de Santo Antônio

O santo casamenteiro auxilia aqueles que procuram um amor especial. Quer saber como? Confira!

novena para encontrar um amor
Por Julia Martins - 29/05/2019

Foto: iStock

O amor verdadeiro deixa a vida mais leve e os dias mais alegres e prósperos. Mas nem sempre a vida amorosa é plena felicidade. Por isso, é importante orar e pedir a Santo Antônio, o santo casamenteiro, ajuda na busca de sua alma gêmea. Reze essa novena para encontrar um amor e receba as bençãos do santo.

1. Novena para encontrar um amor (primeiro, segundo e terceiro dias)

“Santo Antônio poderoso, fostes por Deus determinado para cuidar de minha vida amorosa. Socorrei- me, ó advogado generoso, para me arrumar um amor. Queremos um amor verdadeiro e eterno, sensível à caridade e ao carinho. Santo Antônio, vos prometemos fidelidade e dedicação. Arrumai-nos um coração.” (Reze uma Ave-Maria, um Pai-Nosso e uma Glória ao Pai).

 

Novena poderosa para encontrar um amor com ajuda de Santo Antônio

Foto: Pixabay

 

2. Novena para encontrar um amor (quarto, quinto e sexto dias)

“Santo Antônio poderoso, fostes por Deus determinado para cuidar de minha vida amorosa. Socorrei-me, ó, advogado generoso, para me arrumar um amor. Atrai gente trabalhadora honesta, no trabalho e na religião, uma pessoa que me ame com incontável dedicação. Santo Antônio, vos prometemos fidelidade e dedicação. Arrumai-nos um coração.” (Reze uma Ave-Maria, um Pai- Nosso e uma Glória ao Pai).

3. Novena para encontrar um amor (sétimo, oitavo e nono dias)

“Santo Antônio poderoso, fostes por Deus determinado para cuidar de minha vida amorosa. Socorrei-me, ó advogado generoso, para me arrumar um amor. Duradoura seja a história, não permitas que o carinho, pelos anos e a idade, seja de nós banido, para que na graça deste amor, juntos permaneçamos até que um dia a luz nos venha a faltar. Santo Antônio, vos prometemos fidelidade e dedicação. Arrumai-nos um coração.” (Reze uma Ave-Maria, um Pai-Nosso e uma Glória ao Pai).

 

Texto e pesquisa: Letícia Aguiar/Colaboradora

 

LEIA TAMBÉM: