Novelas para recordar: Lado a Lado, a premiada novela das seis

A trama de Claudia Lage e João Ximenes Braga conquistou o Emmy Internacional 2013 de Melhor Novela. Relembre a história!

Por Erika Alfaro - 10/08/2018

Em Lado a Lado, no início do século XX, em meio às transformações sociais do Rio de Janeiro, duas jovens que lutavam por amor e liberdade se tornaram melhores amigas. O problema? Elas eram de classes sociais diferentes e isso era inaceitável para a época. Laura (Marjorie Estiano) era filha de ex-barões do café, Constância (Patrícia Pillar) e Assunção (Werner Schunemann), e tinha o sonho de um dia se tornar escritora. Já Isabel (Camila Pitanga) era uma moça negra, pobre e trabalhadora. As duas se conheceram na igreja, enquanto esperavam seus futuros maridos para subir ao altar.

Isabel estava feliz da vida e aguardava ansiosamente pela chegada do noivo Zé Maria (Lázaro Ramos), já Laura estava cheia de dúvidas diante de um casamento que ela não desejava com Edgar (Thiago Fragoso). Os dois tinham ficados noivos há tempos, mas o jovem foi estudar em Portugal e o sentimento entre eles esfriou. Por influência da família, os dois que não se amavam tiveram que se casar.

Isabel e Zé Maria

Isabel esperou, esperou, e Zé não apareceu no altar. Com a certeza de que ela tinha sido abandonada, deixou ser seduzida por Albertinho (Rafael Cardoso), irmão de Laura, com quem teve um filho. Sem ter notícias do seu grande amor, ela mal podia imaginar que ele estava preso por defender os moradores do cortiço onde morava com práticas capoeiristas, luta proibida na época. Tempos depois, Zé Maria saiu da cadeia e foi ao encontro de Isabel. Ao descobrir que ela estava grávida de outro, ele a abandonou.

Para piorar a situação, Constância, mãe de Albertinho, não ia com a cara da nora e armou um plano para que Isabel acreditasse que o filho havia nascido morto. Arrasada, ela embarcou para a França e fez sua vida como dançarina. Já Zé Maria
se alistou para a Marinha.

Laura e Edgar

Laura e Edgar, que se casaram contra suas vontades, começaram a ver um sentimento surgir na relação. Mas a felicidade dos dois foi interrompida por uma cantora portuguesa, Catarina (Alessandra Negrini), com quem ele havia se envolvido na época em que ficou no exterior.

Ela revelou que os dois tiveram uma filha, e que a menina estava muito doente. Edgar viajou às pressas para Portugal para buscar as duas, e, quando retornaram ao Brasil, Laura o esperava com o pedido de divórcio, o que foi um escândalo para a época.

Com o tempo, Laura começou a atuar como jornalista e escrever com pseudônimos, e Edgar, em paralelo, fazia o mesmo papel.

Emoções finais

O final da trama foi cheio de realizações para os dois casais. Laura voltou a viver junto de Edgar quando descobriu que ele era o autor dos textos que tanto a fascinavam. E, Isabel, depois de retornar ao Brasil, reatou o casamento com Zé Maria em uma cerimônia para lá de especial.

Curiosidades

• Lado a Lado conquistou o prêmio Emmy Internacional 2013 como Melhor Novela.
• Foi a primeira novela de autoria do jornalista e escritor João Ximenes Braga e de Claudia Lage, formada em literatura e teatro.
• A trama foi premiada pelo Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) por mostrar a situação dos negros após a abolição da escravatura.

Ficha técnica: Lado a Lado

• Emissora: Globo
• Capítulos: 154
• Autor: Claudia Lage e João Ximenes Braga
• Exibição: 10 de setembro de 2012 a 8 de março de 2013, às 18h

LEIA TAMBÉM

Texto: Aline Campanhã/Colaboradora | Edição: Érika Alfaro