Novelas para recordar: imigração e o romance impossível em Esperança

Com história na década de 30 narrando a trajetória do humilde e apaixonado Tony, interpretado por Reynaldo Gianecchini, Esperança abordou o tema da imigração em sua trama. Relembre detalhes da novela!

Por Jessica Pirazza - 12/02/2018
Eva Wilma, Raul Cortez e Reynaldo Gianecchi durante cena da novela Esperança

Foto: Divulgação/TV Globo

A história de Esperança se passava na década de 30 e narrou à trajetória de Toni (Reynaldo Gianecchini). O rapaz morava em Civita, na Itália, junto com seus pais Rosa (Eva Wilma) e Genaro (Raul Cortez). Ele viveu um romance com Maria (Priscila Fantin), porém o pai da jovem, Giuliano (Antônio Fagundes), não aceitava o relacionamento, já que o rapaz era de família humilde. Toni, então, planejou se mudar para o Brasil, contando com o apoio do tio, Giuseppe (Walmor Chagas).

Ficha Técnica: Esperança

• Emissora: Globo

• Capítulos: 209

• Autor: Benedito Ruy Barbosa e Walcyr Carrasco (por motivos pessoais, Benedito Ruy Barbosa se afastou da novela. Walcyr Carrasco deu continuidade, escrevendo do capítulo 149 em diante)

• Exibição: 17 de junho de 2002 e 15 de fevereiro de 2003, às 20h

LEIA TAMBÉM

Texto: Lucas Ferreira/Colaborador – Edição: Jéssica Pirazza/Colaboradora