10 coisas que podem mudar com a nova reforma trabalhista

Aprovada pela Câmara na última terça (25/04), a nova reforma trabalhista pretende mudar diversos pontos da CLT. Descubra o que poderá ser alterado

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/04/2017 às 17:43
Atualizado às 14:35

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Na última terça-feira (25/04), deputados da comissão especial que analisa a reforma trabalhista, proposta pelo governo, aprovaram um relatório que flexibiliza algumas regras que regem a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). De acordo com o site The Intercept, os deputados argumentam que algumas leis precisam ser menos rígidas para aquecer o mercado de trabalho, mas a ação tem gerado polêmica dentro e fora da Câmara.

A proposta original foi feita pelo governo no final do ano passado, e enviada para o Congresso, onde tramita desde fevereiro. O projeto de lei também passou pela comissão especial da Câmara e foi aprovada com requerimento de urgência pelo Presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ). Essa ação faz com que nenhum deputado da comissão possa pedir para que alguns pontos sejam corrigidos. De acordo com o Uol, o deputado Rogério Marinho (PSDB/RN) afirmou que o novo texto afeta mais de 110 artigos da CLT. Entenda o que pode ou não mudar na nova reforma trabalhista:

LEIA TAMBÉM 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.