Greve em São Paulo: metrôs podem não funcionar na sexta

O Sindicato dos Metroviários já afirmou o indicativo de paralisação e realizará uma assembleia na para confirmar a participação na greve

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 27/06/2017 às 10:17
Atualizado às 14:36

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os metroviários de São Paulo aprovaram em assembleia, realizada na última quinta-feira (22/6), um indicativo de paralisação na sexta (30/06). A greve será confirmada oficialmente apenas na quinta (29/06), em uma nova reunião que definirá a posição do grupo frente à greve geral.

As centrais sindicais estão propondo mais uma greve geral contra a reforma trabalhista e da previdência. Pouco mais de um mês depois da segunda mobilização, os sindicatos prometem novos atos e manifestações contra as decisões tomadas pelo novo governo.

Segundo a EXAME.com, a suspensão do serviço já é certa. Em entrevista ao site, o sindicato dos metroviários teria informado que a interrupção do metrô acontecerá das 4h40 de sexta-feira à meia-noite de sábado. Ainda segundo a Exame, os ferroviários e os motoristas de ônibus ainda não têm um posicionamento sobre a adesão.

A Redação Alto Astral entrou em contato com o Sindicato dos Metroviários e foi informada de que a paralisação, na verdade, ainda não é uma certeza, mas a reunião de quinta-feira contará com a presença de categoria e será realizada às 18h30 na sede do Sindicato (rua Serra do Japi, 31 – Tatuapé – SP).

LEIA MAIS: 

TAGSGREVE

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.