Casa própria: confira 8 dicas para ficar realizar este sonho

Procurando dicas para conquistar a casa própria? A gente ajuda você a realizar esse sonho. Conheça 8 dicas para ficar mais próximo da sua meta.

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/02/2018 às 10:25
Atualizado às 10:25

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ter uma casinha para chamar de sua é o sonho de muitas famílias brasileiras. Mas, para comprá-la, é preciso tomar algumas medidas preventivas para não entrar num mar de dívidas.

Economia é tudo

De acordo com o educador financeiro Reinaldo Domingos, antes de mais nada é preciso avaliar sua situação financeira e definir qual valor poderá investir mensalmente. “A principal orientação é reduzir gastos e poupar um valor predeterminado todos os meses. Em alguns anos, você vai poder comprar a casa à vista e não pagar juros”, salienta. Com o dinheiro aplicado, os juros trabalham a seu favor, enquanto no financiamento, é você quem paga os juros.

Plano B

Pagar uma casa à vista não é a realidade da maioria. “Então, uma alternativa é o consórcio. Neste caso, se pagará menos e, se tiver sorte, poderá ser sorteada e ganhar a casa rapidamente, além de também poder economizar para dar um lance”, aconselha Domingos.

Outras possibilidades

De acordo com o especialista, “depois dessas opções, há o financiamento, que também é uma possibilidade
interessante. Mas atenção: ao comprar uma casa financiada é preciso ter ciência de que se estará
firmando um compromisso mensal. Faça uma estimativa dos seus gastos totais, avalie quanto falta para
atingir o montante necessário e veja quanto você pode guardar por mês para dar conta das despesas”.

8 passos para a casa própria

  1. Reúna a família e converse sobre este tema, definindo o lugar, valor e as reais
    condições que se encontram.
  2. Leve em conta o custo de vida da região para onde irá se mudar, que pode ser
    mais alto que o atual. Também considere os gastos com transporte.
  3. Analise o valor do aluguel que está pagando. Se for o mesmo valor da prestação
    de um financiamento, poderá ser uma opção financiar o imóvel.
  4. O melhor caminho é poupar parte do que ganha. Faça uma simulação em qualquer
    banco de quanto custaria a prestação deste imóvel e comece a guardar em um
    investimento conservador como poupança, CDB ou tesouro direto.
  5. Lembre-se que o financiamento de um imóvel é considerado dívida de valor, e por
    isso deve ser garantida como prioridade das despesas mensais.
  6. Tenha sempre uma reserva estratégica para que, em uma emergência, você não
    deixe de honrar este compromisso.
  7. Caso não esteja conseguindo pagar a prestação da casa própria, é preciso rever os
    gastos, em especial as pequenas despesas que, somadas, podem levar uma família
    ao desequilíbrio financeiro;
  8. Um novo imóvel demanda novos custos como mobiliário novo, condomínio, taxas
    de transferência etc. Leve isso em conta!

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.