Tragédia no futebol: avião do time Chapecoense cai e mata 75 pessoas

A manhã desta terça ficou marcada pela tragédia com a queda do avião que transportava toda a delegação do time Chapecoense. 75 pessoas morreram. Saiba mais!

None
Fotos: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/11/2016 às 08:20
Atualizado às 14:33

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

As autoridades colombianas informaram que das 81 pessoas a bordo no avião que transportava a delegação do time da Chapecoense, jornalistas e convidados, 75 morreram após a queda da aeronave que decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com destino a Medellín, na Colômbia. As informações foram divulgadas pelas autoridades locais na manhã desta terça (29.11).

queda-aviao-chapecoense

Fotos: Divulgação

O acidente aconteceu depois da perda de contato com a torre por volta da 1h15, horário de Brasília. A queda foi há apenas três quilômetros da cabeceira do Aeroporto José Maria Córdova, próximo de Medellín. A região é de difícil acesso e as buscas tiveram de ser interrompidas devido ao mau tempo – chove muito no local.

Até o momento, seis sobreviventes estão confirmados: Jakson Follmann e Alan Ruschel, o zagueiro Neto, o jornalista Rafael Henzel, e os comissários de bordo Erwin Tumiri  e Ximena Suárez.

O goleiro Danilo Padilha chegou a ser socorrido com vida e a Cruz Vermelha, no começo da manhã, comunicou que ele não havia resistido aos ferimentos e faleceu no hospital. Entretanto, há pouco iniciaram rumores de que a própria Cruz Vermelha voltou atrás e negou a morte. As informações não estão devidamente confirmadas.

O avião da LaMia, matrícula CP2933, de fabricação britânica, levava 72 passageiros e 9 tripulantes: 48 eram da delegação da Chapecoense, 21 jornalistas e 3 convidados.

Emergência por falha técnica

Pelo horário da Colômbia, a queda do avião aconteceu às 22h15. Segundo o portal G1, às 22h, entre as cidades de Ceja e La Unión, foi aberto um pedido de socorro emergencial por falhas técnicas. A queda foina região de Antióquia. Essa informação foi divulgada pelo Comitê de Operação de Emergência (COE) e a gerência do aeroporto.

Os motivos que causaram o acidente ainda são desconhecidos. Foi cogitado a falta de combustível, mas há rumores de que o piloto chegou a despejar combustível quando percebeu que o avião ia cair. Nada foi confirmado.

Operação de salvamento

A Força Aérea Colombiana dispôs helicópteros para ajudar em trabalhos de resgate e também acionou pedido de ajuda para cidades próximas do local do acidente. As equipes de resgate estão chegando ao local por terra, mas a região é montanhosa, o que dificulta todo o processo.

aeronave-chapecoense

Foto: UOL Esportes

Duas caixas-preta foram encontradas; investigações continuam

tragédia chapecoense

Foto: Reprodução/Twitter

De acordo com a Aeronáutica da Colômbia, as duas caixas-preta do avião foram encontradas em perfeito estado. No entanto, os materiais que nelas estão inseridos (como dados dos equipamentos do voo e as conversas do piloto) estão em fase de investigação e novas informações podem chegar a qualquer momento. No Twitter, o diretor geral da Aerocivil publicou uma imagem com uma das caixas-preta na mão.

Corpos devem ser liberados nesta quinta-feira

destroços do avião da chapecoense

Foto: Reprodução

De acordo com o vice-presidente do time, Ivan Tozzo afirmou que uma equipe de médicos foi recrutada para ajudar na identificação dos corpos, e que estes devem ser liberados a partir desta quinta-feira (01.12).

O time chapecoense

Os jogadores da Chapecoense são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela. As informações são do portal G1.

aviao-chapecoense

Foto: Uol Esportes

“O sonho acabou nessa madrugada”

Em entrevista ao telejornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo, o presidente do Conselho Deliberativo da Chapecoense, Plínio David de Nes Filho, e o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, se emocionaram muito. O primeiro, inclusive, chegou a declarar que os sonhos acabaram nessa madrugada, lamentando profundamente a perda dos profissionais que, para ele, eram amigos da vida profissional e pessoal.

Os jogadores, imprensa e equipe que estavam na aeronave iam para Colômbia para a disputa da final da Copa Sul-Americana 2016. Chapecoense disputaria o título com o Atlético Nacional de Medellín.

fotos das pessoas que estão no time da chapecoense

Foto: AFP/Divulgação

O pronunciamento oficial

No site oficial do Chapecoense, que esteve fora do ar nas primeiras horas da manhã, foi emitido um comunicado a fim de se reservar até as informações oficiais serem divulgadas.

“Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalisticas, dando conta de um acidente com a aeronave que transportava a delegação da Chapecoense, a Associação Chapecoense de Futebol, através de seu vice-presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão junto com a delegação.”

Atlético Nacional, o rival, se pronunciou

Pelo Twitter, o time Atlético Nacional de Medellín prestou solidariedade diante da tragédia.

A expectativa pela viagem era grande

O Facebook está sendo tomado por reações de solidariedade, mas também por vídeos que mostram a alegria dos jogadores e equipe com a viagem que poderia definir o título.

A comoção

A tragédia – que já está em primeiro lugar nos Trending Topics do Twitter com a hashtag #ForçaChape – comoveu mundialmente. Muitas pessoas estão mandando mensagens de apoio para as vítimas e para os familiares do acidente. Famosos do mundo do esporte, como futebolistas, jornalistas e delegações de times adversários já se pronunciaram sobre o caso:

A cidade de Chapecó e a história do clube

A cidade de Chapecó fica localizada em Santa Caratina e tem apenas 99 anos de fundação. Sendo a quinta maior cidade do estado, Chapecó tem um pouco mais de 200 mil habitantes e é conhecida por ser a capital do agronegócio catarinense. O clube da cidade, o Chapecoense, foi fundado em 1973, com o objetivo de dar ânimo ao futebol do município.

O Chapecoense ganhou notoriedade nacional em 2013, após sair da série D para a série A do Campeonato Brasileiro de Futebol em apenas seis anos. Hoje, o time já foi campeão da Copa Santa Catarina e vem expressando resultados muito positivos no cenário nacional e mundial.

LEIA TAMBÉM:

Texto: Monique Lima, Carolina Freire e Loyce Policastro/Colaboradoras

Design: Isadora de Andrade/Colaboradora

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.