Oração de Nossa Senhora de Fátima para proteção especial

Sua primeira aparição aos três pastorinhos foi no dia 13 de maio e, desde então, continua concedendo graças aos seus devotos

oração de nossa senhora de fátima
Ilustração: Elias Silveira

Não há nada mais poderoso do que realizar uma prece a um santo bem na data de sua comemoração. Não só a graça, como a singela e devota homenagem, tornam-se ainda mais especiais. Por isso que, no dia 13 de maio, destine a sua a uma oração de Nossa Senhora de Fátima, a divina misericordiosa.

História da santa

Nossa Senhora de Fátima apareceu pela primeira vez há mais de 100 anos para três pastorinhos humildes: Lúcia (10 anos), Francisco (9 anos) e Jacinta (7 anos), durante a Primeira Guerra Mundial, na cidade de Fátima, em Portugal. Naquela época, em suas aparições, a Virgem pediu que as pessoas rezassem todos os dias o rosário pela paz mundial e pela conversão dos pecadores.

Sua primeira aparição foi no dia 13 de maio de 1917, dia em que é celebrada. Nesta data, ela pediu, também, que as três crianças voltassem naquele mesmo lugar todo dia 13, nos próximos cinco meses. Sua imagem era vivida, uma senhora, que segurava um terço branco nas mãos, estava à frente deles.

Lúcia, ainda surpresa com o que tinha visto, aconselhou os primos a não contarem a ninguém. No entanto, os pequenos acabaram dizendo aos pais sobre a visão que tiveram. Rapidamente, o mistério se tornou público. Pessoas de vários lugares e muitos devotos queriam presenciar as manifestações da santa e rezar para Maria.

Sua última aparição, no dia 13 de outubro, foi presenciada por milhares de pessoas. A santa pediu, então, que ali fosse construída uma capela para que todos rezassem o rosário diariamente. Francisco e Jacinta faleceram quando ainda eram crianças, aos 11 anos e aos 10 anos, respectivamente. Lúcia morreu mais tarde, em 2005, e teve o corpo sepultado na Basílica do Santuário de Fátima.

Oração de Nossa Senhora de Fátima

“Aos três pastorinhos, concedeste em Fátima, a honra inimaginável de mostrar-se como mãe celeste e lhes pediu que rezasse o santo rosário para fazer deste mundo um lugar melhor, revelando-lhes três segredos, confiando em seus puros corações. Com a humildade que estava presente aos seus puros corações, dirijo-me à senhora de Fátima para dizer que meu coração se rejubila ante essa divina aparição e que a receberei sempre em minha lama, certo de que, minha fé é inabalável, fará com que eu encontre um dia no céu, ao lado de seu santíssimo Filho Jesus, que derrama suas bênçãos incessantemente para a humanidade que nem sempre lhe é reconhecida. Peço-lhe santíssima virgem, que seja minha mãe extremosa, impedindo-me de praticar atos nocivos e que eu, como os pastorinhos, tenha uma vida de bons exemplos, que frutifiquem junto aos meus filhos e a toda a minha descendência. Amém!” (Reze o salmo 91).

Leia também: