Depois de uma traição, dar uma segunda chance ou não?

Confira dicas para avaliar a sua situação amorosa, os rumos da sua relação e decidir-se se consegue perdoar uma traição ou não

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/01/2017 às 08:57
Atualizado às 15:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Perdoar ou não uma traição é uma decisão que apenas quem está passando por este momento pode tomar. O medo, a desconfiança e a decepção podem dar as caras, assim como o amor pode falar mais alto e a relação seguir em frente. Se você está passando por isso e está em dúvida, confira abaixo dicas para avaliar a sua situação amorosa, os rumos do seu relacionamento e decidir-se se consegue perdoar uma traição ou não.

mulher e homem afastados pensando sobre os rumos da relação

Foto: Shutterstock

Ouça o parceiro

É uma conversa difícil, mas ela precisa acontecer, afinal, ninguém melhor do que o cara para dizer o motivo dele cometer a traição. Foi apenas tesão? A relacionamento de vocês estava muito chato? Ele está a fim da outra? E o que é mais importante: o que vai no coração dele neste momento? Arrependimento? Sinceridade e uma intenção verdadeira de não cair novamente em tentação? Tente realmente entender o que se passa com o par.

Ouça a si mesma

A mágoa e o sentimento de ter sido passada para trás vão doer sim, e não tem como você ignorar isso. Mas esses não precisam ser o únicos sentimentos em seu coração. Você também pode se perguntar: ainda gosta dele tanto assim? Acha que consegue confiar, caso dê mais uma chance? Será que seu coração é capaz de deixar a mágoa de lado e aceitá-lo de volta de portas abertas, ou sempre haverá uma ferida aberta lá no fundo? Conseguirá ser feliz ao seu lado de novo?

A decisão

Se você sente que o ama e ele demonstra sério desejo de mudar, perdoe! Passe uma borracha (de verdade!) no que aconteceu e comece uma vida nova. Mas, se você acha que não conseguirá conviver com essa desconfiança, sempre achando que ele vai aprontar de novo, então parta para outra, pois você merece ser feliz!

LEIA MAIS:

3 simpatias poderosas para pulada de cerca

Contra traição

Em um sábado de Lua Minguante, entre 6h e 9h, faça um buquê com galhinhos de arruda fresca, arnica e três cravos vermelhos. Em uma fita roxa, escreva o nome da pessoa amada. Dê três nós e um laço no buquê, dizendo: “Você está seguro e feliz comigo, não precisa de outros braços para te dar abrigo”. Repita por sete vezes. Erga o buquê para o céu, mostre para a Lua e repita três vezes: “Aceita anciã Celeste, este buquê que lhe ofereço, proteja-me da traição, dai ao meu amor o seu apreço”. Guarde em uma caixa de sapatos embrulhado em um pano roxo. Depois de três meses, queime tudo e jogue as cinzas ao vento.

Conseguir perdoar

Escreva em um pedaço de papel azul o nome da pessoa que deseja perdoar. No verso da folha, anote a seguinte frase: “Afaste de mim o orgulho”. Segurando o papel na mão esquerda, faça a seguinte oração: “Ó Virgem Santa Imaculada, vós que sois a encarnação da sinceridade e do amor, da resignação e da paciência, derramei uma gota desse bálsamo Divino, emanado de tão excelentes virtudes, sobre esses irmãos infelizes e que andam em tão cerrada obscuridade que não puderam enxergar o caminho que os conduzirá à felicidade, à paz e ao progresso. Rogai a Jesus, ó Virgem Imaculada e boa, para que Ele guie esses irmãos ao caminho da humildade e do perdão. E que seja cumprida sempre a vontade do nosso amantíssimo Pai”. Rasgue o papel e jogue os pedaços no lixo depois de rezar um Pai-Nosso e cinco Ave-Marias.

Esquecer um amor

Numa noite de Lua Minguante, vá até o quintal (se mora em apartamento, vá até uma janela através da qual consiga ver a Lua) com um copo cheio de chá de erva-cidreira. Pegue três pedrinhas de sal grosso e coloque uma de cada vez dentro do copo, ofereça à Lua e diga: “(Fale o nome dele), você foi tudo em minha vida, mas agora, com a ajuda da irmã Lua, te esqueço para nunca mais voltar a sofrer”. Jogue tudo no ralo. O copo pode voltar a usar normalmente, depois de lavado.

Texto: Ângela Moraes/Colaboradora
Edição: Juliana H Penteado
Designer: Roberta Lourenço

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.