Como os protestantes entendem a ideia de céu e de paraíso? Descubra!

Segundo os protestantes, o céu é o lugar da habitação de Deus e o paraíso é para onde os salvos vão depois da morte! Entenda

None
FOTO: Reprodução/Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/09/2016 às 13:58
Atualizado às 18:32

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Desde o início dos tempos, as mais diversas áreas do conhecimento tentam entender o que acontece depois da morte. A ciência possui muitas pesquisas e hipóteses sobre esse campo desconhecido, mas a religião possui teorias capazes de oferecer respostas para muitas pessoas, cada qual com sua crença. A ideia de céu e paraíso, por exemplo, é diferente para cada doutrina. Saiba o que os protestantes pensam sobre esse conceito!

Isaque Sicsú, pastor da Igreja Batista do Morumbi, em São Paulo, conta que a tradição cristã protestante entende que o céu é o lugar da habitação de Deus. Essa definição está em diversas passagens da Bíblia, como quando o líder dos apóstolos, São Pedro, informa que Jesus, “depois de ir para o céu, está à destra de Deus” (1 Pedro 3,22). “Embora Deus esteja presente em todos os lugares, esse é o local onde acontece a maior manifestação da presença, da glória e da bênção”, explica.

céu luz paraíso protestantes

FOTO: Reprodução/Pixabay

Segundo o pastor, para chegar ao céu, não é importante fazer apenas boas obras, penitência ou ser religioso. O local é para quem coloca sua em Jesus Cristo, entendendo que a vida, morte e ressurreição promove a reconciliação com Deus. “Entendemos que, somente por meio de Cristo, nossos pecados são perdoados e que podemos nos relacionar com Deus. É nesse sentido que Jesus disse: ‘Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim’ (João 14,6)”, relembra Isaque.

Para os protestantes, o céu não é a morada eterna, mas o local para onde os salvos vão depois da morte. Porém, o pastor explica que, no final dos tempos, quando Cristo voltar, quem estiver no paraíso ressuscitará e se juntará aos salvos que estiverem vivos, para viver eternamente. Para o cristão, quando Jesus voltar e julgar os homens, restaurará o universo e inaugurará o que a Bíblia chama de “novos céus e nova terra”, que representa a eternidade.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação / Edição: Érika Alfaro / Consultoria: Isaque Sicsú, pastor da Igreja Batista do Morumbi, em São Paulo