Princípios bíblicos para abençoar suas finanças

Passagens da Bíblia Sagrada relacionadas à dinheiro para ajudar você a encontrar a prosperidade nas finanças

None
FOTO: shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/08/2016 às 11:40
Atualizado às 12:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Deus está sempre buscando formas para nos guiar em direção aos caminhos mais seguros. Uma delas é nos instruir por meio das palavras sagradas a praticar a sabedoria nas finanças. Se você está passando por dificuldades financeiras e não sabe como proceder, reflita sobre os princípios bíblicos abaixo, coloque-os em prática em sua vida e confie de todo o seu coração no poder do Todo-Poderoso.

Pessoa abrindo carteira com dinheiro

FOTO: shutterstock.com

“Feliz é o homemque empresta com generosidade e que com honestidade conduz os seus negócios” (Salmos 112: 5)

Para refletir: a principal mensagem passada por este versículo é a honestidade. De nada adianta suplicarmos ao Pai por bênçãos financeiras se não ajudamos ao próximo e não temos honestidade em nossas ações. Precisamos fazer a nossa parte para que as graças dos Céus sejam derramadas sobre nós.

SAIBA MAIS

9 orações poderosas para tudo

Vença os problemas com a poderosa novena de Santa Edwiges

Lições bíblicas para salvar seu casamento

“Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?” (Lucas 14: 28)

Para refletir: com esta passagem, Deus nos alerta a planejar os nossos gastos. Não podemos gastar mais do que ganhamos achando que nosso Pai irá suprir esses exageros. Lembre-se que Deus nos pede para termos sabedoria, e devemos colocar em prática essa qualidade quando o assunto é dinheiro. Coloque seus ganhos e gastos na ponta do lápis. Assim, ficará mais fácil poupar e prosperar.

“Tesouro desejável e azeite há na casa do sábio, mas o homem insensato os esgota” (Provérbios 21: 20)

Para refletir: este provérbio nos alerta a poupar nosso dinheiro. Aquele que tem a consciência dos seus gastos e não dispende seu dinheiro mais do que pode, sempre terá uma reserva guardada para um momento de dificuldade e, assim, não passará necessidades.

Pessoa segurando várias notas de cem reais

FOTO: shutterstock.com

“Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: ‘não te deixarei, nem te desampararei'” (Hebreus 13: 5)

Para refletir: neste princípio bíblico há novamente o alerta para termos sabedoria com as finanças. Por sermos humanos e falhos, em muitas vezes desejamos mais bens do que podemos ter. Porém, devemos, primeiramente, sermos gratos por tudo o que já possuímos, pois foi Deus quem nos concedeu. E devemos sempre nos lembrar de que nosso Pai nunca irá nos desamparar.

“Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” (1 Timóteo 6: 10)

Para refletir: todos nós sabemos que é necessário termos dinheiro para vivermos dignamente, porém, quando passamos a nos apegar mais a ele do que à nossa fé, entristecemos ao Pai e somos levados a um mau caminho. Nunca desvie sua fé de Deus. Nunca adore ao dinheiro. O único digno de louvor e adoração é Nosso Senhor. Depositando sua confiança Nele, nunca lhe faltará o pão.

Design: Aline Barudi

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.