O bom samaritano: entenda o significado da parábola e receba graças

Entenda o significado da parábola "O bom samaritano" contada por Jesus Cristo, pratique seus ensinamentos e receba graças em sua vida

None
Ilustração: Eugênio Tonon

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/08/2016 às 12:51
Atualizado às 11:53

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Jesus veio ao mundo para nos mostrar a importância de valores como o amor, a esperança, a bondade e a fé. Para isso, além de seus ensinamentos e milagres, Ele recorreu às parábolas e, com elas, tocou o coração das pessoas e ensinou preciosas lições para nossa caminhada. Entenda o significado da mensagem passada pelo Salvador com a parábola do bom samaritano, reflita sobre essa passagem e transforme a sua vida.

Mulher segurando uma Bíblia aberta

FOTO: iStock.com

Parábola do bom samaritano

“Certa ocasião, um perito na lei levantou-se para pôr Jesus à prova e lhe perguntou: ‘Mestre, o que preciso fazer para herdar a vida eterna? O que está escrito na Lei?’, respondeu Jesus. ‘Como você a lê?’. Ele respondeu: ‘Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento e ame o seu próximo como a si mesmo’. Disse Jesus: ‘Você respondeu corretamente. Faça isso e viverá’. Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: ‘E quem é o meu próximo?’. Em resposta, disse Jesus: ‘Um homem descia de Jerusalém para Jericó, quando caiu nas mãos de assaltantes. Estes lhe tiraram as roupas, espancaram-no e se foram, deixando-o quase morto. Por acaso desceu pelo mesmo caminho um sacerdote. Quando viu o homem, passou pelo outro lado. E assim também um levita; quando chegou ao lugar e o viu, passou pelo outro lado. Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrava o homem e, quando o viu, teve piedade dele. Aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Depois colocou-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele. No dia seguinte, deu dois denários ao hospedeiro e lhe disse: cuide dele. Quando eu voltar, pagarei todas as despesas que você tiver’. Qual destes três você acha que foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?’. ‘Aquele que teve misericórdia dele’, respondeu o perito na lei. Jesus lhe disse: ‘Vá e faça o mesmo’.” (Lucas 10: 25-37)

Para meditar

Nessa narração, Jesus condena o falso cristão e a falsidade. O sacerdote e o levita deveriam expor sua caridade e humanidade diante do necessitado, uma vez que ambos tinham o conhecimento da vontade divina. Mas, em vez disso, eles optaram por ignorar a situação. A atitude do samaritano, por outro lado, provou a seriedade com que ele encara e pratica os valores cristãos. É esse exemplo que Jesus quer que nós sigamos, aquele que provém de uma fé verdadeira.

Texto e pesquisa: Jéssica Sumida
Edição: Natália Dário
Design: Aline Barudi

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.