Lucas Lucco: “Deus quer que peçamos ajuda nos momentos de angústia”

No ano de 2015, Lucas Lucco declarou que sofria de depressão e síndrome do pânico. Para ele, a fé em Deus foi essencial nos momentos de angústia. Leia mais.

None
FOTO: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/10/2016 às 10:43
Atualizado às 11:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No ano de 2015, o cantor e ator Lucas Lucco declarou nas redes sociais que sofria de depressão e síndrome do pânico. Em abril deste ano, deixou um recado para os fãs no aplicativo Snapchat dizendo que estava com o quadro da doença mais controlado, mas, afirmou que ainda toma remédios. Em entrevista ao jornal Estadão, o cantor comentou sobre como a situação afetou sua vida, “Eu carrego o mundo inteiro nas costas, sozinho. Isso começou a ficar mais complicado e aconteceram coisas que me deixaram triste do nada. Eu não conseguia sair de casa, faltei a gravação e não fui a um show em Curitiba”, explicou.

Foto de Lucas Lucco

FOTO: Divulgação

Lucas conta que tentou ao máximo manter os problemas fora dos palcos. Comentou também que, por mais que estivesse angustiado, tentava manter-se o mesmo durante os shows, para não desapontar os fãs. “Eu fiz alguns shows com muita dificuldade mas, no palco, eu era o mesmo. Não podia transparecer isso. As pessoas que vão no show querem ter alegria. O meu trabalho é como qualquer outro. Um médico, por exemplo, não pode levar problemas para a o consultório”, comentou o cantor.

Quando participou do programa “Encontro com Fátima Bernardes”, em maio de 2016, Lucas contou ter tido alguns episódios sérios de síndrome do pânico. Em um deles, não conseguiu embarcar no avião que o levaria para uma gravação de um DVD na cidade de Curitiba. Foi neste momento que o artista resolveu expor sua situação na internet e explicar o que estava acontecendo. “Eu podia ter falado que o avião não conseguiu decolar ou até mesmo que eu estava com dengue ou algo do tipo… Mas não. Resolvi contar minha história e explicar o que estava sentindo”, comenta.

Eu poderia fazer uma nota de esclarecimento como todo artista faz quando não comparece a um show. Quero falar sobre o que a maioria não vê e deixar um pouco de lado o “artista” Lucas Lucco e falar como Lucas. Ontem aconteceu a gravação do DVD da FS produções, em Curitiba, com a participação de vários grandes artistas com quem eu tenho a honra de trabalhar. Eu saí de casa ontem chorando muito sem motivo específico, deixei meus pais preocupados e não quis dizer nada. Fui em direção ao aeroporto e no caminho começou a chover forte. Não existia condições pra voar. Mas o pior, não é isso. O pior, tá dentro de mim. Uso remédios pra conseguir voar, uso remédios pra dormir, pra acordar, pra me manter calmo, pra conseguir ficar dentro de um hotel… Eu saí de Patrocínio interior de Minas Gerais e eu ainda não aceitei que eu não sou mais aquele menino do interior. São mais de 3 anos sem praticamente ter um momento pra mim e pra minha família. Hoje eu moro numa cidade grande, não vejo meus familiares há um ano, minha avós, meus avôs… E vcs sabem, nenhum deles é eterno. E isso martela na minha cabeça o tempo todo. Me sinto distante de Deus mesmo falando com ele diariamente como sempre fiz. Desenvolvi síndromes, saudade acumulada, medo acumulado, trabalho acumulado… E meu coração e minha cabeça só ficam em paz quando eu estou cantando no palco, gravando as cenas da novela ou em casa com minha família. Eu amo o que faço mas essas coisas que surgiram em mim estão me deixando muito triste. Peço desculpas a todos, de coração, lamento muito, aos profissionais envolvidos, aos fãs e ao público de Curitiba. Com certeza foi um dvd lindo! Estou lutando pra reverter esse quadro o mais rápido possível, tenho fé! Um beijo. Fiquem com Deus.

Uma foto publicada por Lucas Lucco (@lucaslucco) em

Relação com Deus

A família do cantor sempre foi muito ligada à religião. Lucas costumava frequentar e cantar na igreja antes da fama, aos domingos. Para ele, depois que sua carreira decolou, sentiu-se que estava se distanciando de Deus. “A gente pensa que cresceu e que consegue andar sozinho. Era como se eu ligasse pra Ele e falasse ‘Pai, tá tudo certo. Eu estou crescido, mas eu estou aqui. Eu te amo’. E Deus não quer isso”, conta.

O cantor decidiu buscar ajuda médica após uma crise de pânico na qual sonhou que seu avô havia morrido, “Nunca chorei tanto na vida. Fiquei incontrolável, em posição fetal”, comentou. Após este momento e durante todo o tratamento, Lucas apoiou-se em sua fé e nunca deixou de acreditar que o Senhor estava ao seu lado. “Deus quer que sejamos humildes e que peçamos ajuda a ele nos momentos de angústia. Que deitemos no colo dele e peçamos ajuda de verdade. E foi isso que eu fiz.”, conta.

Atualmente, o artista está controlando a depressão com medicamentos e terapia. Mas também conta que o apoio da família, dos amigos e, acima de tudo, de Deus foi o que o ajudou a superar este mal. “Depois que essa nuvem negativa saiu da minha vida pude perceber várias coisas. Entendi o propósito de Deus na minha vida, o porquê disso ter acontecido. Meus pais me ajudaram muito. Antes do sucesso eu não tinha nada, era apenas vendedor em um shopping. Você pode ser rico ou pobre que essa doença não escolhe”, comenta.

A depressão é um assunto sério. Deve ser tratada da maneira correta e não pode ser levada como leviana. Se você está passando por essa situação, antes de tudo, procure ajuda médica. E não se esqueça da fé, pois ela tem muito poder. Faça esta oração especial e peça a Deus que olhe por você:

“Afastai do meu dia todos os sofrimentos e angústias. Que eu possa superar tudo o que de mal me acontecer contando com a vossa graça e com a vossa proteção. Que não abata sobre mim o desespero mas, sim, a força de superar barreiras que me vem de vós. Que todas as formas de sofrimento se afastem do meu dia e que eu possa perceber a vossa ação consoladora a me amparar. Que possa também ser amparo para todos aqueles que sofrem injustiça e que estão desesperados e desamparados. ‘Se me amais, observareis os meus mandamentos; e eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro consolador, para que fique eternamente convosco’ (João 14: 15-16).”

Fonte: www.gshow.globo.com
Texto e pesquisa: Júlia Martins/Colaboradora | Design: Camila Campos/Colaboradora

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.