Espiritismo: conheça seis obras importantes

Para você saber mais sobre os preceitos do Espiritismo, confira aqui os livros mais importantes que clarificam os ideais espíritas.

None
Foto: Reprodução/Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 07/02/2017 às 13:59
Atualizado às 11:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A Doutrina Espírita ganhou milhões de adeptos no decorrer dos tempos, muito por conta de suas obras literárias que clarificam suas principais ideias. Então, se você quer saber mais sobre os preceitos do Espiritismo, confira abaixo os livros que vão te ajudar a conseguir isso.

Foto: Reprodução/Pixabay

O Livro dos Espíritos

Autor: Allan Kardec | Editora: FEB Editora

Para iniciantes nos estudos do Espiritismo, a primeira recomendação é ler as cinco obras fundamentais escritas por Allan Kardec. O Livro dos Espíritos, o primeiro da série, foi publicado em 1857. Bastante elucidativo, é organizado em mais de mil perguntas e respostas sobre os ensinamentos espíritas, vistas sob os aspectos científico, filosófico e religioso. A obra ainda aborda questões como Deus, imortalidade da alma, futuro da humanidade, natureza dos espíritos e suas relações com os seres humanos.

Os outros livros que complementam a série são, em ordem cronológica, O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese. O primeiro é uma espécie de manual de comunicação com o mundo invisível. Já o segundo, fala sobre os ensinamentos morais de Jesus. O Céu e o Inferno elucida assuntos como purgatório, medo da morte, céu, inferno, tragédias coletivas e traz exemplos da situação da alma durante e depois da desencarnação. A última obra, como o nome já diz, aborda a origem da Terra, os milagres e as profecias presentes no Evangelho.

Leia também: Conheça a história de Allan Kardec

Nosso Lar

Autor: Chico Xavier, pelo espírito André Luiz | Editora: FEB Editora

O livro conta a história do espírito André Luiz após sua desencarnação. O protagonista relata os primeiros momentos no Umbral – região de dor e sofrimento, em que permanece por oito anos –, além de sua condução e vivência na colônia espiritual conhecida como Nosso Lar. No lugar, ele aprende o sentido do trabalho justo e da lei de causa e efeito, a qual todos os espíritos estão submetidos. A obra é recomendada para quem deseja saber mais sobre a vida dos espíritos ou quer se confortar em relação à morte de um ente querido.

Leia também: Chico Xavier: conheça a história do maior médium brasileiro

Paulo e Estevão

Autor: Chico Xavier, pelo espírito Emmanuel | Editora: FEB Editora

O romance relata a trajetória do fariseu Paulo de Tarso, que se tornou um exemplo de trabalho a favor do Cristianismo. A obra mostra a relação do apóstolo com o apedrejamento de Estevão (primeiro mártir cristão), o amor que nutre por sua noiva e as perseguições sofridas devido à defesa da nascente doutrina cristã, além da fundação de igrejas e a disseminação do Evangelho.
A obra possui a mesma ordem cronológica do livro bíblico Atos dos Apóstolos e sua grande mensagem é que é possível mudar seu caminho a qualquer momento, mas existem consequências.

O Problema do Ser, do Destino e da Dor

Autor: Léon Denis | Editora: FEB Editora

Após a morte de Allan Kardec, o francês León Denis foi um dos médiuns responsáveis por dar continuidade ao Espiritismo. O Problema do Ser, do Destino e da Dor, uma de suas principais obras, visa responder questões sobre a origem e o futuro humano, além de dúvidas em relação à dor, ao mundo espiritual, às provas históricas da reencarnação, à evolução do pensamento do homem, às potências da alma, ao livre-arbítrio, entre outros assuntos pertinentes à doutrina espírita.

Memórias de um Suicida

Autor: Yvonne A. Pereira, pelo espírito Camilo Cândido Botelho | Editora: FEB Editora

O autor Camilo Castelo Branco, utilizando o pseudônimo de Camilo Cândido Botelho, descreve seu processo de desencarnação após o suicídio que cometeu depois de ficar cego. Ao longo da obra, ele descreve suas dores e o sofrimento para se desprender da matéria, além do remorso que carrega por diversos anos. Ao mesmo tempo, o livro fala sobre a misericórdia divina para aqueles que se arrependem, mostrando que existe um caminho de esperança, em que é possível se reconstruir.

Violetas na Janela

Autor: Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, pelo espírito Patrícia | Editora: Petit

Após a morte, a jovem espírita Patrícia, com apenas 19 anos, revela como foi seu processo de desencarnação e acolhida na colônia espiritual São Sebastião. Na história, ela é aconselhada por diversos moradores do local, descreve as características do plano espiritual, enfrenta suas próprias dúvidas e passa a ajudar pessoas recém-desencarnadas no centro espírita de seu pai.
A obra ajuda o leitor a descobrir como agir depois da morte de um ente querido, de forma a superar a separação e confortar quem partiu.

Leia também: Conheça Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, autora de “Violetas na Janela”

Texto: Érica Aguiar | Edição: Fabio Toledo/Colaborador

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.