Lei do Carma: entenda como funciona e como ela pode te atingir!

A Lei do Carma da Doutrina Espírita afirma que todas as ações praticadas possuem, fatalmente, uma consequência. Saiba mais sobre ela!

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/10/2017 às 17:38
Atualizado às 11:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A palavra carma (em sânscrito karma) significa ação e é muito conhecida por correntes filosóficas e religiosas na Índia. A Lei do Carma é muito utilizada pelo Hinduísmo e Budismo e designada para explicar que todo efeito tem uma causa correspondente, ou seja, toda atitude praticada, seja ela benevolente ou não, terá uma consequência.

Carma é um termo, portanto, que precedeu a Doutrina Espírita, codificada em 1857 pelo francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, que depois da codificação espírita adotou o pseudônimo de Allan Kardec. Observa-se, então, que não é uma palavra de origem espírita, porém já se encontra de certa forma popularizada e utilizada por alguns espíritas para abordar o assunto da Lei de Causa e Efeito. Conheça mais sobre a Lei do Carma:

Lei do Carma: entenda como funciona e como ela pode te atingir!

Fonte: O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec.

Edição: Júlia Martins/Colaboradora

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.