Proteção divina: saiba como invocar seu anjo da guarda

Os anjos têm a missão de defender e orientar as criaturas da Terra. Alcance graças e proteção com a invocação de seu anjo da guarda.

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/01/2017 às 09:22
Atualizado às 12:01

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando se fala em anjo, várias referências podem vir à sua cabeça: um guia espiritual, um ser protetor ou um mensageiro de Deus. Seja qual for o nome que você dê aos seres celestiais, saiba que a missão deles é defender e orientar as criaturas da Terra. Para ter seu anjo da guarda sempre perto de você,pratique o bem a outras pessoas, confie no poder divino e mantenha-se otimista, mesmo se estiver passando por um momento muito difícil em sua vida.

Anjo abençoado

Foto: Shutterstock

Invoque o seu anjo da guarda:

ORAÇÃO AO ANJO DA GUARDA

“Ó meu anjo da guarda, príncipe celestial e meu amoroso tutor, alcançai-me o perdão dos desgostos que a Deus e a vós tenho dado, e imprimi na minha alma tão profundo respeito para convosco que nunca me atreva a fazer coisa que vos desagrade.” (Reze um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória ao Pai)

RITUAL DE LUZ AOS GUARDIÕES DE SUA FAMÍLIA

Durante uma semana, às 6 horas da manhã, acenda duas velas, uma verde e uma branca, com cuidado para não se queimar, sobre um pires, e peça proteção ao anjo da guarda de cada pessoa de sua família. Junte as sobras das velas e, depois do sétimo dia, coloque em um saco de papel. Enterre aos pés de uma árvore. Lave e utilize o pires como de costume.

SALMO 86 PARA RECEBER O APOIO DE SEU ANJO

“Inclina, Senhor, os teus ouvidos, e ouve-me porque estou necessitada e aflita. * 2 Guarda a minha alma, pois sou santa: ó Deus meu, salva a tua serva, que em ti confia. * 3 Tem misericórdia de mim, ó Senhor, pois a ti clamo todo o dia. * 4 Alegra a alma da tua serva, pois a ti, Senhor, levanto a minha alma. * 5 Pois tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para todos os que te invocam. * 6 Dá ouvidos, Senhor, à minha oração e atende à voz das minhas súplicas. * 7 No dia da minha angústia clamo a ti, porquanto me respondes. * 8 Entre os deuses não há semelhante a ti, Senhor, nem há obras como as tuas. * 9 Todas as nações que fizeste virão e se prostrarão perante a tua face, Senhor, e glorificarão o teu nome. * 10 Porque tu és grande e fazes maravilhas; só tu és Deus. * 11 Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e andarei na tua verdade; une o meu coração ao temor do teu nome. * 12 Louvar-te-ei, Senhor Deus meu, com todo o meu coração, e glorificarei o teu nome para sempre. * 13 Pois grande é a tua misericórdia para comigo; e livraste a minha alma da sepultura mais profunda. * 14 Ó Deus, os soberbos se levantaram contra mim, e as assembleias dos tiranos procuraram a minha alma, e não te puseram perante os seus olhos. * 15 Porém tu, Senhor, és um Deus cheio de compaixão, e piedoso, sofredor, e grande em benignidade e em verdade. * 16 Volta-te para mim, e tem misericórdia de mim; dá a tua fortaleza tua serva, e salva ao filho da tua serva. * 17 Mostra-me um sinal para o bem, para que o vejam aqueles que me aborrecem, e se confundam; porque tu, Senhor, me ajudaste e me consolaste.”

LEIA TAMBÉM: 

Edição: Rafael Barbosa/Colaborador | Design: Deicimar Machado

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.