Entenda por que é importante manter o corpo ativo!

Boa alimentação e a prática de exercícios físicos são essenciais para qualidade de vida. O primeiro é a base e o segundo é o que mantém.

variedade de alimentos sobre a mesa
Foto Shutterstock.com

A união da saúde perfeita é a boa alimentação e a prática de exercícios físicos. O primeiro é a base e o segundo é o que ajuda manter a qualidade da alimentação.

variedade de alimentos sobre a mesa

Foto Shutterstock.com

É fundamental que o corpo nunca fique parado, pois a atividade corporal é responsável pela manutenção da prevenção de várias doenças como: cardiovasculares, obesidade e diabetes, além de fortalecer o sistema imunológico, favorecendo a qualidade de vida e o convívio social. A capacidade respiratória também sai beneficiada, assim como a memória e o controle da depressão.

Mulher, sorrindo, ginástica

Foto shutterstock.com

Quando se exercitar?

Engana-se quem pensa que exercício físico é apenas para atleta ou para quem quer ser fitness. “Não é preciso ser um atleta para ter acesso aos benefícios que a atividade física pode proporcionar. Praticar exercícios pelo menos três vezes na semana já é o suficiente para ter mais saúde”, aponta o personal trainer Alexandre Rodrigues.

Livre-se da depressão

Segundo pesquisadores do Instituto Karolinska, na Suécia, existe uma explicação para os exercícios colaborarem em casos de depressão: eles induzem mudanças nos músculos que os fazem produzir uma proteína que retira do sangue uma substância que se acumula em situações de estresse e pode provocar danos ao cérebro.

Mulher, psicóloga, terapia, homem doente

Foto shutterstock.com

Não tem idade!

Durante a terceira idade, os exercícios evitam os temidos problemas de raciocínio, memória e de compreensão – todos ligados às funções cognitivas do organismo – comuns nesta fase. “Não existe idade ideal para começar a se mexer, o que se sabe mesmo é que quanto antes começar melhor, pois depois que os problemas aparecerem pode ser tarde demais”, diz Alexandre Rodrigues. Apesar de ser importante para a saúde, é preciso ter cuidado e procurar um profissional, antes de começar a se exercitar. “Cada pessoa tem características únicas e necessidades diferentes, por isso é fundamental um programa personalizado, que se adapte ao condicionamento físico atual e que ajude o aluno a progredir lentamente para que os resultados permaneçam”, conclui.

Saiba mais: 

Veja mitos e verdades sobre o cérebro

Amnésia não é um esquecimento comum

Dicas práticas para estimular a sua criatividade

Consultoria Alexandre Rodrigues, personal trainer