Você tem uma mente rica para gastar dinheiro?

Mente rica: quando o cérebro reage positivamente quando o assunto é dinheiro

mente rica
Imagem: Shutterstock Images

Ter uma mente rica significa que você possui um controle sobre seus gastos, conseguindo pensar de uma forma que faça seus investimentois terem um retorno positivo, ou seja, que você se torne uma pessoa rica. Confira, a seguir, se você tem uma mente com atitudes “ricas”.

Exemplo de casa

Algumas pessoas sabem controlar melhor o dinheiro do que outras. Contudo, como surge a capacidade de administrar quando necessário? E a vontade incontrolável de comprar a loja toda? Será uma habilidade adquirida no decorrer da vida ou somos influenciados a isso? “Tudo começa com a interferência familiar, que é direta e silenciosa. Um dos principais fatores que ditam nosso comportamento é nossa hierarquia de valores. Um filho que percebe o receio do pai em esbanjar dinheiro criará valores que terão, de certa forma, reflexo no comportamento do pai, seja similar ou avesso”, explica o coach financeiro Robson Profeta.

mente rica

Imagem: Shutterstock Images

Mente rica: gastando bem seu dinheiro

Ter educação financeira é importante para saber o momento de investir. Isso não envolve apenas deixar de gastar com itens desnecessários, mas entender que desembolsar dinheiro também pode ser um sinal positivo, dependendo de como isso é feito. “A verdadeira educação financeira é aquela que ajuda a pessoa a entender qual é seu objetivo financeiro e como planejar o caminho a ser seguido. Traçar essa rota significa compreender quais talentos e habilidades ela possui, sua hierarquia de valores e seu propósito de vida.
É isto que chamamos de maximizar capacidades”, ressalta Profeta. No entanto, essa não é a única etapa do processo, que envolve também uma capacitação mental.

Investir

Essas alterações podem levar a novas atitudes e formas de investimento. Segundo o especialista, um exemplo é a adesão a outro negócio, e isso requer “muita análise, avaliação de mercado e competidores e conhecimento técnico na área, além de ser importante que o investidor tenha autoconhecimento”. Nesse área, às vezes, é fundamental arriscar, sempre com muito estudo sobre o que deseja investir e sobre si mesmo, suas habilidades e desejos. Por isso, não é para sair gastando todo o dinheiro também, ok? Caso seja necessário, busque a ajuda de um profissional para auxiliar você a tomar a melhor decisão.

 

Saiba mais

Você tem uma mente pobre para gastar dinheiro?

Saia das dívidas! Entrevista com o especialista Samy Dana

Dar ou não dar mesada aos filhos?

 

Consultoria: Robson Profeta, coach financeiro.
Texto: VItor Manfio – Edição: Natália Negretti