Meditação pode ajudar a desenvolver o raciocínio! Entenda

Meditar ativa o córtex pré-frontal, uma região do cérebro associada a raciocínios mais complexos. Por isso, ajuda a desenvolver o raciocínio e lado racional

mulher meditando meditação desenvolver o raciocínio
FOTO: Shutterstock.com

O ato de meditar faz parte de diversas tradições religiosas, mas também é uma prática voltada para a atenção e o desenvolvimento pessoal. Por isso, os benefícios que a meditação proporcionam podem ser importantes em diversos momentos das nossas vidas, pois ajudam o nosso cérebro a desenvolver o raciocínio e, consequentemente, o nosso lado racional.

Tudo isso porque a prática ativa o córtex pré-frontal, uma região do cérebro associada ao comportamento e também a raciocínios mais complexos. Ou seja, meditar pode elevar o nível de desempenho do cérebro, auxiliando a força de vontade.

mulher meditando meditação desenvolver o raciocínio

FOTO: Shutterstock.com

Assim, pode-se dizer que essa assistência é fundamental em situações que exigem autorreflexão, como as mudanças que são necessárias ao logo da nossa trajetória. Mudar não é fácil, seja as pequenas coisas, como um cômodo da casa, ou até grandes decisões, como de país ou de emprego, por exemplo. Ainda mais quando as mudanças nos são impostas.

Exige uma nova postura, um novo olhar, superação  para compreender um cenário diferente. Para fazer isso do jeito certo e sem arrependimentos, sair da zona de conforto, ter foco, desenvolver o raciocínio, tirar um tempo para pensar e assumir o controle das ações são pontos importantes.

LEIA TAMBÉM

Texto: Érika Alfaro / Arte: Guilherme Laurente