Mayra Cardi e Arthur Aguiar: modelo desabafa sobre traições e abusos

Mayra Cardi desabafa sobre relação tóxica com Arthur Aguiar: “traída durante muitos anos”

Modelo postou um vídeo nas suas redes sociais contando sobre casos extraconjugais do marido, com quem tem uma filha de 1 ano

Mayra Cardi e Arthur Aguiar
Foto: Reprodução/Instagram

Nesta sexta, a separação de Mayra Cardi e Arthur Aguiar ganhou destaque nas redes sociais, após a influencer publicar um vídeo pelo Instagram, no qual revela ter sido traída inúmeras vezes, além de ter sofrido pressão psicológica por anos de seu ex-parceiro.

“Eu vivi num relacionamento abusivo e manipulador onde era extremamente traída durante muitos anos, E sobre isso que vim falar, da maneira mais dura e direta, e mais sincera possível”, desabafou a coach de emagrecimento na produção de, aproximadamente, 10 minutos.

Mayra ainda explicou o motivo de ter voltado com o ator após o término da relação, em maio deste ano. “Havia muito amor. Pelo menos da minha parte existe. Mas não sei mais, porque não sei quem é ele, não sei quem estava na minha cama esse tempo todo”.

A ex-BBB comentou que durante os três anos de casados, ela sempre o colocou à frente de seus negócios, apoiando-o quando mais precisava, sem receber o devido retorno. “Depositei toda minha confiança e todo meu dinheiro. Botei ele em todas as minhas contas, à frente da minha empresa para que ele se sentisse mais útil, porque quando a gente se conheceu, ele tinha acabado de falir. Tinha investido todo dinheiro dele na música e não tinha dado certo e estava se sentindo mal. Foi fácil me apaixonar por ele e casar”.

Para Mayra, o fato de ser uma mulher empreendedora, deixava Arthur incomodado, querendo colocá-la para baixo. “Talvez minha mania de trabalhar muito, ser uma mulher independente, tão autossuficiente, tenha feito ele se sentir menos homem. Talvez, para se sentir mais homem, ele tenha me traído tanto. E eu me responsabilizei por essas traições. Fui cega, e quando menos percebi minha gravidez virou um inferno”.

Sobre os possíveis casos extraconjugais, a coach ainda relata que Arthur se envolvia até com mulheres casadas. “Sinto muito por todas as família que ele destruiu além da minha”, falou emocionada.

Sobre a forma como o ator a tratava, Mayra comentou que já não a reconhecia mais, pois havia cedido muito do seu jeito para satisfazer os gostos ostensivos do ex-companheiro. “Ele não queria babá porque dizia que a gente tinha que cuidar da nossa filha… mas eu estourei todos os pontos da minha gravidez, porque eu levantava de madrugada para dar mama, para trocar, enquanto ele ficava vendo série no sofá. Comecei a me sentir largada e humilhada, e as traições começaram”.

Ao perceber que estava dentro de um relacionamento abusivo, a modelo pediu para que o rapaz a deixasse. “Então, disse para ele: ‘Arthur, chegou a hora de sair. Sei que a gente voltou, mas acabou, preciso me amar em primeiro lugar. Dois dias depois ele já estava com outra mulher”.

O rapaz de 31 anos chegou a revelar essa semana pelo Instagram que estaria se mudando para São Paulo, para cuidar da sua carreira como cantor. Após ser criticado por seguidores, que o acusavam de abandonar a filha Sophia, de apenas 1 ano, fruto do relacionamento com Mayra, o ator rebateu postando uma foto ao lado da bebê. “Toda semana teremos os nossos dias juntos”, escreveu na legenda.

Mayra Cardi e Arthur Aguiar estavam juntos desde julho de 2017 e subiram ao altar alguns meses depois de assumir a relação.

O que é um relacionamento abusivo?

Sentimentos como ansiedade, tristeza e baixa autoestima são sinais de relacionamento abusivo, assim como o de Mayra Cardi e Arthur Aguiar. Muitas vezes, essa relação pode ser confundido com carinho e superproteção, não estando apenas caracterizado por agressão física.

Segundo a psicóloga Thais Santos, o ciúmes excessivo, possessividade e imposição de controle são alguns sinais. Para a profissional, as pessoas que acabam submetendo-se a esse tipo de tratamento podem estar refletindo necessidades inconscientes. “A explicação para aceitar isso tem muito a ver com a história de vida, baixa autoestima e falta de autoconhecimento”, aponta os motivos de aceitação de um relacionamento abusivo.

Outras formas bem comuns de intimidar a parceira é por meio de ameaças emocionais, financeiras e sexuais. “Abalar a autoestima e usar os filhos como moeda de troca são meios de chantagem muito utilizadas e que caracterizam abuso”, sinaliza a psicóloga.

Como evitar

Não fique se explicando por tudo, nem pedindo desculpas ou ficando na defensiva. Também não ceda a caprichos egocêntricos e que não levam em consideração sua opinião. Lembre-se que você não precisa provar nada a ninguém, além de ser dona de si. Não espere um pedido de desculpa, dominadores não admitem os seus erros.

Converse com pessoas de sua confiança para enxergar a situação como um todo, de forma racional e não emocional. Procure um especialista para te ajudar a lidar com a quebra das expectativas.

Muitas vezes é difícil sair da zona de dominado, por não perceber o quanto está imersa nela. Não tenha medo de colocar um ponto final na relação. Você é, sim, suficiente, e não precisa de ninguém para seguir sua vida normalmente e feliz.

Leia também: