Mais saúde e disposição na terceira idade!

Hábitos saudáveis e alimentação balanceada são alguns fatores indispensáveis para curtir a terceira idade com saúde e disposição!

casal terceira idade andando de bicicleta
Foto: Shutterstock Images

Faz parte da vida envelhecer, mas a escolha de chegar na terceira idade de forma saudável e em boa forma é sua. A partir da meia idade, mais ou menos depois dos 35 anos, o corpo carrega sinais de como ele foi tratado ao longo do tempo e é caracterizado por modificações fisiológicas e psicológicas que influenciam no estado nutricional. “Com a idade, o organismo absorve e utiliza de forma menos eficiente os nutrientes, o que provoca maior predisposição a doenças e maior necessidade nutricional”, explica a nutricionista Thais Souza.

casal terceira idade andando de bicicleta

Foto: Shutterstock Images

Por que é mais fácil engordar na terceira idade?

O ganho de peso se dá por conta da modificação do metabolismo basal (gasto calórico quando o corpo está em repouso), sedentarismo e má alimentação. Com a taxa metabólica mais lenta e o aumento da ingestão de alimentos refinados, gorduras e açúcar, combinado ao baixo consumo de fibras, o resultado aparece na balança. Sem contar que esses hábitos são os piores vilões para a saúde, pois desencadeiam ou agravam quadros de colesterol alto, hipertensão e diabetes.

SAIBA MAIS

Perca peso com chás todos os dias!

5 alimentos para desintoxicar o organismo!

Faça você mesma: plante seu pé de berinjela sem agrotóxicos!

Academia é saúde!

Uma alimentação equilibrada não é o bastante. Com a idade mais avançada, ocorre a perda de musculatura, ou seja, da massa magra. “A melhor forma de driblar a diminuição natural dos músculos é praticar exercícios de resistência, como a musculação e o pilates, por exemplo. Vale lembrar que qualquer atividade deve ser recomendada e acompanhada por um profissional da área”, orienta Thais. Além disso, quanto mais massa magra no corpo, mais calorias e gorduras serão queimadas!

Texto: Júlia Prado | Consultoria: Sylvana Braga, médica ortomolecular e nutróloga, de São Paulo; Thais Souza, nutricionista da Rede Mundo Verde