Lições para reduzir as despesas, já!

Diminuir as despesas familiar é fundamental para pagar as contas em dia e não se individar

despesas
Foto: Glow Images/Latinstock

Para saldar as dívidas, existem dois caminhos: reduzir as despesas e/ou aumentar as receitas. Se a ideia é seguir o primeiro, há vários métodos que afetam até mesmo os gastos fixos, por mais que esses pareçam difíceis de serem reduzidos. Adriana Rodopoulos, consultora e proprietária da Oficina de Escolhas afirma que a economia surte mais efeito quando fazemos uma lista de prioridades e procuramos alternativas mais baratas para substituir despesas que não cabem mais no bolso. Por isso, selecionamos algumas dicas que podem ajudar a reduzir seus custos mensais, sejam eles fixos ou supérfluos.

1 Economize água
Além de ajudar o planeta Terra, você diminui as suas despesas dentro de casa. Algumas dicas são tomar banhos rápidos, não deixar as torneiras abertas enquanto escova os dentes, ensaboa a louça ou faz a barba, e varrer o quintal e a calçada em vez de utilizar água.

2 Eletrodomésticos
Cuidado com os aparelhos em modo stand by, pois, mesmo desligados, consomem energia. O ideal é tirá-los da tomada. Já nos casos da máquina de lavar e do ferro de passar, procure utilizá-los apenas uma vez na semana. Atente-se também à temperatura (verão/inverno) do chuveiro, pois a mais quente tem maior consumo de eletricidade.

3 Lâmpadas
Substitua as incandescentes (de filamento) ou fluorescentes por lâmpadas de LED, pois estas têm uma vida útil maior e consomem menos energia. Utilizar a iluminação natural também é uma ótima saída para quem quer diminuir as despesas domiciliares com eletricidade.

4 Gastos com saúde
Caso tenha que comprar medicamentos, verifique as opções de genéricos nas farmácias ou se o remédio é oferecido gratuitamente nos postos de saúde de sua cidade.

despesas

Foto: Glow Images/Latinstock

5 Aproveite os serviços
Muitos seguros e cartões de créditos oferecem serviços como guincho, chaveiro, eletricista e encanador. Para isso, basta verificar as possibilidades oferecidas no seu contrato. Tais benefícios, que muitas vezes acabamos nos esquecendo, podem ajudar na economia dentro de casa, no caso de uma porta emperrada ou um cano furado.

6 Ao ar livre
Você pode aproveitar os momentos de lazer gastando pouco. Procure fazer programas ao ar livre como andar de bicicleta em uma praça, fazer piqueniques ou ir à exposições e shows de rua.

7 Anote as despesas
Mantenha um caderninho, uma planilha ou até mesmo um aplicativo no celular para controlar suas despesas, sejam elas fixas ou supérfluas. O propósito de anotar é ficar por dentro de tudo que o que acontece na sua vida financeira.

8 Férias e 13º salário
Se você não é autônomo ou um profissional liberal, tem direito a 13º salário e férias. Aproveite para guardar uma parte desses valores para emergências e investimentos, assim você pode se prevenir de possíveis complicações no futuro.

 

Saiba mais

 

Consultoria: Adriana Rodopoulos, consultora e proprietária da Oficina de Escolhas (oficinadeescolhas.com.br), em São Paulo (SP); Hélio Donin Jr., contador e diretor da Donin Contabilidade (www.donin-rnc.com.br)

Texto: Érica Aguiar – Edição: Natália Negretti