Por que legumes e verduras não podem faltar na dieta?

As verduras e os legumes são boas apostas para incluir nas refeições diárias. Elas conseguem mandar as calorias embora de forma saudável e equilibrada!

Legumes variados como abobrinha, tomate, batata
Foto: Shutterstock Images

Além de emagrecer, uma dieta rica em verduras e legumes é fundamental para manter o bom funcionamento do organismo. Fonte de vitaminas e minerais, eles são capazes de repor o nosso estoque de nutrientes e auxiliar em diversas atividades do organismo, como as do aparelho digestivo. Por conter baixas calorias e alto valor nutricional, as hortaliças favorecem a perda de peso sem comprometer a saúde. O segredo está na variedade de seu consumo, que permite regular a reserva orgânica de antioxidantes de modo a ser suficiente para combater os radicais livres, ou seja, previne o envelhecimento precoce e evita o desenvolvimento de várias doenças.

Legumes variados como abobrinha, tomate, batata

Foto: Shutterstock Images

Porque as verduras e os legumes são tão importantes?

Para a nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki, os legumes devem estar presentes no almoço e no jantar, diariamente, “pois suprem o organismo com fibras e nutrientes essenciais, como vitaminas do complexo B e C, betacaroteno, minerais e fitoquímicos, que têm ação antioxidante e anticancerígena comprovada por vários estudos científicos”. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica a ingestão de cinco porções de vegetais – legumes, verduras e frutas – por dia (cerca de 400g). “Seu consumo colabora para a saúde dos olhos, ossos, articulações, coração e vasos sanguíneos, deixa a pele viçosa e mais bonita, aumenta o vigor, a disposição e o nível de energia”, explica a profissional. O ideal é consumi-los de forma diversificada, colorindo bem o prato. Assim, obterá o benefício de diferentes vitaminas, minerais e fitoquímicos.

SAIBA MAIS

Dicas para aproveitar talos, cascas e sementes dos alimentos!

Batata-doce para chapar a barriga!

Melancia ajuda na perda de peso!

Pacote anticolesterol

A berinjela, um dos legumes mais completos em nutrientes, ganhou fama por controlar os níveis de colesterol e ainda favorecer a perda de peso. “Ela é rica em antocianina, um composto antioxidante que previne a inflamação e o dano em vasos sanguíneos, e também age reduzindo a oxidação do colesterol ruim (LDL)”, afirma Tamara Mazaracki. Por conter saponina, é usada nas dietas de emagrecimento, pois a substância é capaz de quebrar as moléculas de gordura, impedindo o organismo de absorvê-las. “Mas ela sozinha não faz milagres”, aponta Tamara. Portanto, invista em uma dieta controlada e atividades física regulares. Alcachofra, tomate, quiabo, alho e cebola também ajudam a combater o colesterol e a proteger o coração.

Texto: Larissa Faria | Consultoria: Tamara Mazaracki, médica nutróloga e ortomolecular