Lava-pés: entenda a origem dessa cerimônia Católica

Realizado em toda Quinta-Feira Santa, o ritual representa a humildade de Jesus

Lava-pés
Foto: Pon Piriya/Shutterstock

A cerimônia de Lava-pés é uma tradição na Igreja Católica muito importante para os fiéis. Prevista para acontecer em toda Quinta-Feira Santa, na semana que antecede a Páscoa, o ritual representa a humildade e a purificação de Jesus.

Ritual do Lava-pés

A Quinta-Feira Santa é conhecida por ser o dia em que foi realizada a Última Ceia. Juntamente com seus 12 apóstolos, Cristo, já sabendo da traição de Judas e que sua hora estava por vir, fez a refeição com seus companheiros e, logo após repartir o pão e o vinho, que simbolizavam seu corpo e sangue, o Filho de Deus pegou uma bacia, a encheu com água e, com uma toalha em seu ombro, começou a lavar o pé de cada apóstolo, como demonstração de humildade e purificação divina.

Atualmente, como manda a tradição do Lava-pés, sacerdotes de todo mundo costumam escolher uma dúzia de fiéis no dia da missa da Quinta-Feira Santa, oferecendo o corpo e o sangue de Cristo na Eucaristia e, logo depois, lavando os pés dos doze escolhidos, como forma de repetir o ato de humildade de Jesus para com seus apóstolos.

Passagem bíblica

“Ora, antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim”.

“E, acabada a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse, Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus, Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se.Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido”.

“Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim? Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois. Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés”.

“Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo. Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça. Disse-lhe Jesus: Aquele que está lavado não necessita de lavar senão os pés, pois no mais todo está limpo.”

“Ora vós estais limpos, mas não todos. Porque bem sabia ele quem o havia de trair; por isso disse: Nem todos estais limpos. Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou.” (João 13: 1-13).

Leia também: