Laranja: seus benefícios vão muito além da vitamina C

A laranja tem poder antioxidante, fibras, cálcio, magnésio, potássio, betacaroteno e algumas vitaminas do complexo B. Tudo para melhorar sua saúde

Foto: Shutterstock

É difícil não pensar em laranja quando se fala em vitamina C, e vice-versa, mesmo não sendo a fruta campeã na quantidade dessa substância. Embora existam outras fontes com maior concentração do nutriente, como a acerola, consumir uma laranja de tamanho médio por dia já supre grande parte das suas necessidades diárias de vitamina C.

Foto: Shutterstock

Mas essa fruta tão popular tem muitos outros motivos para ser classificada como representante legítima da elite dos alimentos essenciais para uma boa saúde. “A laranja é rica em fibras, possui cálcio, magnésio, potássio, betacaroteno e algumas vitaminas do complexo B. Esses nutrientes estão relacionados com uma boa saúde óssea, auxiliam na contração e no relaxamento muscular e ainda agem como antioxidante, prevenindo danos às células do organismo”, revela a nutricionista Barbara Rescalli Sanches.

Proteção extra

Sempre vista como capaz de prevenir gripes e resfriados, na verdade, o principal benefício da laranja é mesmo sua ação antioxidante. Isso porque, além da vitamina C, a fruta possui betacaroteno e flavonoides, como a rutina, por exemplo, capazes de proteger as células dos danos causados pelos radicais livres.

Em outras palavras, a laranja reduz o risco de desenvolver alguns tipos de câncer, problemas cardíacos, derrames cerebrais e outras doenças. Não é por acaso que é recomendado comê-la após uma boa feijoada: os nutrientes da fruta impedem que o nitrito – composto químico usado para conservar embutidos – se transforme em substâncias cancerígenas. Isso sem falar que age contra o colesterol ruim contido nas gorduras do prato brasileiríssimo.

Na dúvida, consuma

A associação da vitamina C com o fortalecimento do sistema imunológico não é unanimidade na comunidade científica. “O que se sabe é que a vitamina tem papel fundamental no sistema imunológico. Para quem tem deficiência dessa substância, o aumento do consumo vai fazer diferença, entretanto, quem já está em equilíbrio com o nutriente não vai perceber os efeitos benéficos”, detalha a nutricionista. Ou seja, sem o nutriente o corpo não funciona bem, mas não adianta aumentar a dose. Na verdade, para fazer valer seus benefícios em relação à imunidade, a laranja deve fazer parte de uma alimentação variada. O certo é que a vitamina C retarda a assimilação de glicose e melhora a absorção de ferro pelo organismo, o que faz da fruta uma ótima aliada no combate à anemia.

LEIA MAIS:

Consultoria: Bárbara Rescalli Sanches, nutricionista

Texto: Redação Alto Astral