Jardim na varanda: é possível ter árvores frutíferas no seu apartamento!

Mesmo tendo pouco espaço em casa é possível criar um jardim na sua varanda. Descubra como cultivar essas árvores em vasos e ter frutas em casa!

Por Edgard Vicentini - 26/09/2016

Fotos: Fernando Almeida/Divulgação Projeto: Tanja Ruppert

Para dar mais vida ao seu espaço verde, as árvores não podem ficar de fora. E, se você se pergunta como encaixá-las em pequenos ambientes, Milton Sanada, gerente da Esalflores e engenheiro florestal afirma: “é possível cultivar praticamente todas as espécies. Jabuticabeira, amoreiras, romãs, laranjeiras, macieiras são muito utilizadas em ornamentações”.

Fotos: Fernando Almeida/Divulgação Projeto: Tanja Ruppert

Fotos: Fernando Almeida/Divulgação
Projeto: Tanja Ruppert

Mais fortes e bonitas

As variedades de plantas frutíferas dependem de maior incidência solar para se desenvolverem, por isso recomenda-se que sejam plantadas em área externa. “Pelo menos uma sacada com incidência solar direta de meio período, seja matutino ou vespertino”, esclarece Milton.

Bem acomodada!

Não existe um tamanho mínimo de vasos, uma vez que árvores frutíferas também são cultivadas como bonsais. Se for plantar, saiba que uma boa época é no final da primavera, quando elas estão em pleno crescimento vegetativo. Outra dica é sempre escolher um vaso maior que a muda, para que ela se desenvolva sem problemas. Quanto à rega, é preciso estar atento: “estações mais quentes como primavera e verão necessitam irrigação frequente e outono e inverno em menor quantidade. O ideal é a verificação visual da superfície do vaso, deve estar úmida, quando observar que a terra está seca, é aconselhável irrigar em seguida”, destaca o profissional.

Fotos: Fernando Almeida/Divulgação

Fotos: Fernando Almeida/Divulgação

Cuidados com o jardim

Além do aspecto estético, a poda é importante para formar a planta, estimular novos brotos e melhorar a incidência solar nas folhas. Por isso, para manter a saúde da sua pequena árvore, apare-a com frequência e procure acompanhamento profissional. Esse hábito ainda ajuda a evitar e diminuir doenças no vegetal. Umidade e calor excessivo também são propícios para proliferação de pragas. “A fim de evitar que fiquem doentes, é recomendado a utilização de repelentes, por exemplo, os repelente à base de fumo”, destaca. Para combater problemas já existentes, procure produtos específicos, como contra pulgões, cochonilha e lagartas.

Opção econômica

  • Certifique-se que o vaso seja maior que a muda;
  • Uma sugestão é utilizar manta de bidim no fundo do recipiente, ideal para drenar a água e não deixar que a terra escape;
  • Ao acomodar a muda, o ideal é que sobre um espaço de 3cm entre a borda do vaso e a terra;
  • Cuidado para não danificar as raízes da planta na hora de manusear o torrão;
  • Para que as árvores deem frutos, é necessário escolher um local com, ao menos, 3 horas de luz direta;
  • Para que floresçam e deem frutos, faça adubação de 3 a 4 vezes por ano.

Texto: Jéssica Frabetti

LEIA TAMBÉM