Iogurte: inclua o alimento no cardápio para perder peso

Rico em vitaminas e minerais, o iogurte é um alimento que pode ajudá-la a perder peso sem dificuldades e de maneira muito saudável!

copo de iogurte com morangos picados
Foto: iStock.com/Getty Images

Você já notou que o iogurte está sempre presente nas dietas? E não é para menos. Para quem não sabe, esse alimento é nutritivo, funcional e emagrecedor. Incluindo ele na alimentação, diariamente, fica fácil eliminar aqueles quilinhos extras. Saiba mais sobre os benefícios desse ingrediente e fique de bem com o seu corpo!

copo de iogurte com morangos picados

Foto: iStock.com/Getty Images

O que o iogurte tem?

Em geral, o iogurte é feito a partir de um leite fermentado com a ação de bactérias, como os lactobacilos acidófilo, bífido, bulgárico e outros. “O processo de fermentação é o que dá consistência ao iogurte e faz com que ele seja pré-digerido e rico em enzimas, tornando-o um alimento de fácil assimilação e seguro para pessoas com intolerância à lactose”, explica a nutróloga Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro. Esse alimento também contém proteínas, fósforo, potássio, zinco e vitamina A, além de ser uma grande fonte de cálcio. Por falar nisso, pesquisas demonstram uma possível conexão entre a perda de peso e uma dieta com alto teor de cálcio (1.000mg diários). “As causas do emagrecimento ainda não estão bem claras, mas existem teorias sobre o efeito do cálcio no organismo que apontam o equilíbrio do sistema nervoso autônomo, o que ajudaria a acelerar o metabolismo e facilitar a queima de gordura para produção de energia”, acrescenta a profissional.

SAIBA MAIS

Açúcar, adoçante ou mel? Escolha a melhor opção para a dieta!

Delícias naturais: confira as melhores frutas para a sua dieta

Boa ou ruim? Confira os tipos de gordura que ajudam a emagrecer

Alimento do bem

Entre tantos benefícios, o iogurte pertence à categoria dos alimentos funcionais, pois atua na prevenção de doenças (como a osteoporose) e na manutenção da saúde. Ele também ajuda a regular o intestino, a recuperar a flora intestinal, em caso de diarreias, e a aumentar a imunidade do organismo. A indicação de consumo é de um ou dois potes de iogurte diariamente. Mas, para que sua dieta seja mais eficiente, é importante que o iogurte consumido seja o natural, processado sem açúcar ou adoçante, pois eles diminuem a ação dos lactobacilos. Depois de pronto, o iogurte pode ser adoçado como preferir ou consumido ao natural, misturado com frutas e cereais e ainda como ingrediente de molhos para saladas. Só não vale cozinhar, porque o calor inativa as bactérias benéficas e as enzimas do iogurte.

Diet, light ou desnatado?

O que modifica um iogurte é sua capacidade probiótica. A versão desnatada é a mais recomendada para quem quer perder peso, pois, além de ser menos calórica, não aumenta o nível de colesterol no sangue. Se quiser adoçar o alimento, faça-o no momento do consumo, para manter as bactérias benéficas ativas. Os iogurtes diet e light também podem ajudar na dieta, mas tenha em mente que o adoçante incorporado em seus processos de fabricação inativa grande parte do seu poder probiótico. “Frutas e polpas de fruta podem ser acrescentadas ao iogurte natural, o que ajuda a adoçar de forma mais saudável. Experimente, por exemplo, acrescentar 1/2 copo (100ml) de suco de uva, 1/2 banana ou 1 colher (sobremesa) de uva passa no iogurte natural desnatado”, recomenda a nutróloga.

Texto: Viviane de Gênova/Colaboradora | Consultoria: Tamara Mazaracki, médica ortomolecular e nutróloga da Clínica Slin, do Rio de Janeiro (RJ), telefone (0xx21) 2178-2427.