Intolerância à lactose pode causar sintomas graves

Existem pessoas que apresentam intolerância à lactose, uma substância encontrada no leite e derivados. Conheça os sintomas desse problema.

É possível fazer leite à partir de fontes vegetais
Foto Shutterstock Images

Existem pessoas que apresentam intolerância à lactose, um tipo de açúcar presente no leite e seus derivados. Por isso, evitar os alimentos que contenham a substância é essencial para melhorar a qualidade de vida do portador.

“Intolerância à lactose é o nome que se dá à incapacidade parcial ou completa de digerir a lactose, ou seja, o açúcar existente no leite e em seus derivados. Ela ocorre quando o organismo humano não produz, ou produz em quantidade insuficiente, a enzima digestiva lactase”, contextualiza o personal cook Henrique Teixeira.

 

Leite de soja é livre de lactose

Foto iStock.com/Getty Images

 

Principais sintomas

Quem é sensível à lactose, geralmente, costuma sofrer com sintomas ligados ao sistema gastrointestinal por meio do aparecimento de náuseas, diarreias e cólicas, por exemplo. Isso ocorre por conta das bactérias intestinais fermentarem a lactose – que não foi digerida devidamente -, o que resulta na formação de um ácido láctico e outros ácidos orgânicos (como dióxido de carbono e gás hidrogênio) que provocam esses sintomas desagradáveis.

 

SAIBA MAIS:

Não consumir lactose pode emagrecer?

Aprenda a fazer bolo de nozes sem lactose

Saiba como lidar com restrições alimentares na escola

 

Beba leite sem medo

O leite é uma das fontes mais abundantes de cálcio, um nutriente essencial para a saúde dos ossos. No entanto, quando se fala em intolerância à lactose, ele é o primeiro a ser retirado do cardápio. Para não abrir mão desse alimento e conseguir garantir os nutrientes da bebida, uma opção é trocá-la por outras versões, como leite de amêndoas e leite de coco.

 

É possível fazer leite à partir de fontes vegetais, a fim de evitar a intolerância

Foto Shutterstock Images

 

Atenção redobrada

A lactose está presente não apenas no leite, mas também em produtos elaborados a partir dele, a exemplo de iogurte e queijos, embora, nesses últimos, o seu teor seja mais baixo, permitindo que algumas pessoas os consumam sem sentir maiores desconfortos.

 

Consultoria Henrique Teixeira, personal cook