Intestino: afinal porque as vezes ele não funciona direito?

Quando o intestino não funciona direito você precisa se preocupar e principalmente mudar alguns hábitos. Confira algumas causas da prisão de ventre

mulher com a mão na barriga
Foto: iStock.com/Getty Images

A prisão de ventre ou intestino preso é um problema comum, principalmente entre as mulheres. Porém, como saber se a pessoa está ou não sofrendo desse mal? Difícil também é saber quais são as suas causas e como acabar com elas da forma certa. Segundo a nutricionista Patrícia Soares, há basicamente dois tipos de prisão de ventre, ou constipação: a aguda e a crônica.

 

mulher com a mão na barriga

Foto: iStock.com/Getty Images

 

A aguda é mais comum e não necessita de tratamentos médicos, pois acontece de forma repentina e, com algumas mudanças nos hábitos do dia a dia, é possível tratá-la rapidamente. Geralmente ocorre quando há jejuns prolongados, anorexia, períodos pós-cirurgia, etc. “Já a crônica decorre da constipação que se estende por mais de um a três meses, e as pessoas afetadas por ela devem procurar a orientação de médicos e nutricionistas para um tratamento individualizado”, explica a nutricionista.

Outras causas:

  • Mudanças de ambiente, como viagens;
  • Falta de horários regulares para realizar as refeições;
  • Dieta rica em alimentos refinados (arroz, macarrão, pães, bolos, doces e biscoitos não integrais);
  • Baixo consumo de verduras, legumes e frutas;
  • Ingestão insuficiente de água;
  • Uso de medicamentos;
  • Doenças inflamatórias intestinais;
  • Hemorroidas.

DIETA POBRE EM FIBRAS

As fibras estão presentes em frutas, legumes, verduras e cereais, e são necessárias para a formação e transporte do bolo fecal, tornando-o mais macio e consistente. Além disso, uma alimentação rica em gordura animal e carnes pode prejudicar o sistema digestivo. Produtos industrializados também não devem ser consumidos em excesso, pois geralmente são ricos em farinha branca e açúcar, que atrapalham a digestão.

 

Leia também: 

PODE SER PSICOLÓGICO!

Banheiro fora de casa e horários apertados: esses são alguns dos motivos que fazem algumas pessoas ignorarem a vontade de evacuar e, assim, acabam prendendo o intestino involuntariamente. Isso atrapalha o relógio do próprio organismo e o sistema digestivo se acostuma a não respeitar as necessidades de ir ao banheiro.

Consultoria Patrícia Soares, nutricionista