Intercâmbio: dicas e cuidados para viajantes inexperientes

Confira uma lista de motivos para guardar uma grana e correr atrás de um intercâmbio – ele pode transformar a sua vida para melhor!

Intercâmbio: dicas e cuidados para viajantes inexperientes
FOTO: Shutterstock.com

Apesar de ser uma experiência que confere aprendizado e diversão, o intercâmbio também exige preparo e, em alguns casos, jogo de cintura para lidar com os possíveis imprevistos. “Nesse tipo de viagem, o importante é ter cabeça aberta para entender que tudo é aprendizado. Os inconvenientes podem começar assim que você coloca o pé no aeroporto”, conta Rejane Dal Molin, orientadora para estudos nos Estados Unidos do CCBEU Goiânia. Então, confira algumas dicas para fazer com que sua viagem seja inesquecível – por bons motivos, claro!

 

Intercâmbio: dicas e cuidados para viajantes inexperientes

FOTO: Shutterstock.com

Intercâmbio: dicas e cuidados

Para onde ir?

Antes de decidir o destino do seu intercâmbio, é importante saber o motivo de sua viagem. Por exemplo: se for para aprimorar um idioma, escolha um país que tenha como língua oficial aquela que você deseja aprender. Depois de feito isso, também é interessante levar em consideração a cultura do lugar que você vai. “A barreira cultural faz parte da experiência internacional e agrega ainda mais conhecimento para o intercambista. No entanto, é importante ele realizar pesquisas e conhecer a cultura do país que irá visitar para saber como se portar”, explica Lígia Faria, supervisora de intercâmbio da Exodos Turismo.

Passagem aérea

O planejamento da viagem deve ser iniciado com bastante antecedência, no mínimo seis meses, e procurar opções de embarque em épocas consideradas como de baixa temporada. “Nesse caso, não escolher os meses de férias escolares e feriados. Nos meses de março, abril, junho, outubro e novembro, por exemplo, é possível conseguir preços mais acessíveis”, acrescenta Lígia.

Documentos

Existem países que não obrigam a apresentação do passaporte, enquanto em outros, a pessoa não consegue ir, caso não tenha o documento. Por isso, quando souber para qual país viajará, o ideal é buscar informações sobre todos os requisitos necessários.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação 
Consultoria: Lígia Faria, supervisora de intercâmbio da Exodos Turismo; Rejane Dal Molin, orientadora para estudos nos EUA do CCBEU Goiânia