Noiva de Lucas Lucco sofre aborto espontâneo após 10 semanas de gestação

O cantor fez um texto emocionante em suas redes sociais

Instagram do Lucas Lucco
Foto: Reprodução/Instagram

O Instagram de Lucas Lucco está com uma postagem diferente do usual. O cantor precisou anunciar na noite da quinta-feira (3) que a sua noiva, Lorena Carvalho, sofreu um aborto espontâneo após 10 semanas de gestação. Ele publicou a foto em que o casal aparece com o teste de gravidez.

Confira a postagem no Instagram do Lucas Lucco:

Obrigado minha amada Lorena. Por me proporcionar as dez semanas mais felizes da minha vida. A confiança nos planos do nosso Pai celestial conforta e traz paz pro meu coração. Com a certeza de que o nosso presente há de chegar em um tempo que não pertence a este mundo, nem a nós… que é somente dEle. Te amo e te admiro muito. Estamos juntos, no aguardo dos próximos dias perfeitos, dos próximos dias de luta… dos próximos dias de busca”, escreveu o cantor.

Entenda como é o aborto espontâneo:

Riscos

O principal risco para a mulher após um aborto espontâneo é sofrer uma hemorragia severa, o que pode causar um quadro de anemia. Outras consequências são as infecções decorrentes do sangramento ou do procedimento de curetagem (realizado quando o feto não foi totalmente expelido). “Toda gestante que apresentar qualquer sangramento deve entrar em contato imediato com seu médico e se dirigir ao pronto-socorro obstétrico mais perto”, alerta a ginecologista.

Cuidados necessários

De acordo com a ginecologista Alessandra Evangelista, é preciso manter um acompanhamento adequado com o médico obstetra, realizar todas as consultas do pré-natal e fazer os exames indicados, pois eles servem tanto para avaliar a saúde da mãe quanto a do bebê. Além disso, a mulher grávida deve suplementar sua alimentação com o uso do ácido fólico por, pelo menos, três meses antes da gravidez a fim de garantir a boa formação do feto.

Superando o trauma

Com o aborto espontâneo, as mulheres ficam abaladas e podem desenvolver problemas psicológicos e emocionais. Por isso, é importante que elas busquem ajuda profissional para amenizar as consequências. E para aquelas que desejam engravidar novamente, o indicado é procurar um ginecologista para identificar as causas do aborto espontâneo e evitar que ele volte a acontecer.